Sustentabilidade

Dia Mundial do Ambiente: Consegues passar um dia sem usar plástico?

O plástico é um dos maiores problemas para o ambiente e é urgente repensar a sua utilização
Texto

Celebra-se hoje, dia 5 de junho o Dia Mundial do Ambiente e as Nações Unidas elegem o plástico como uma das maiores problemáticas ambientais do momento.

Mas será que conseguimos passar um dia sem plástico?

As organizações ambientais alertam que é tempo de mudar a forma como é produzido, consumido e descartado o plástico que usamos no planeta, mas a verdade é que as montanhas de lixo têm cada vez mais plástico.

Oceanos, praias, deserto e até nos confins dos polos gelados tem-se encontrado vestígios preocupantes de plástico. Os animais, em particular em habitat marinho, são dos que mais sofrem.

ambiente - away
Estamos a encher o oceano de plásticos (foto: Pete Linfortha/Pixabay)

O problema do plástico

Dados das Nações Unidas revelam que são compradas 1 milhão de garrafas de plástico por minuto em todo o mundo. E se este dado impressiona fica a saber que descartamos, sem hipótese de reciclagem, cerca de cinco biliões de sacos de plástico por ano. Pior, mais de metade do plástico que é produzido em todo o mundo tem utilização única e depois é deitado fora.

Na época de 1950/70 apenas uma quantidade de plástico era produzida e nessa altura o lixo era relativamente fácil de gerir. Mas na década seguinte a produção e consumo de plástico triplicou.

ambiente - away
Plástico de utilização única (foto: Yulia Khlebnikova/Unsplash)

Chegados ao princípio do milénio já tínhamos gerado mais plástico, em apenas uma década, do que nos 40 anos anteriores… e fomos acelerando a plastificação do planeta até chegar a uma massiva produção que atualmente origina mais de 400 milhões de toneladas de lixo plástico.

E se pensamos que o problema está a ser controlado, os dados mais recentes revelam que nada no mundo tem um crescimento tão elevado de produção como o plástico. Se o histórico de crescimento anual se mantiver, as Nações Unidas estimam que serão alcançadas as 1.100 milhões de toneladas de lixo plástico até 2050.

ambiente - away
Produção de plástico continua a aumentar (foto: Thais Freire/Pexels)

O que podes fazer?

Estás provavelmente a pensar na quantidade de plástico com que vives no dia a dia e de que forma a poderias reduzir.

Garrafas de água. A primeira ação pode começar por aí mesmo. Arranja um recipiente de vidro ou até mesmo de plástico que possa ser reciclado e deixa de utilizar garrafas descartáveis. Em muitos locais a água da torneira é a melhor solução, quer economicamente, quer em termos ambientais.

Sacos de plástico. Vai as compras com uma alcofa ou uma pequena caixa e evita colocar produtos em sacos de plástico que depois não servem para mais nada. Podes adquirir um saco para fruta ou legumes e reutilizá-lo o número de vezes que puderes, evitando assim a utilização dos sacos descartáveis.

ambiente - away
Sacos de plástico de utilização única (foto: Ana Shvets/Pexels)

Copos de plástico. Precisas mesmo de um copo novo de cada vez que bebes água no escritório? A tua garrafa de vidro pode servir como forma de te manteres mais vezes hidratado (já que não precisas de ir buscar água) e ao mesmo tempo poupar nesses copos, normalmente de uso único.

Caixas de comida. Desperdiçar comida está fora de questão, mas guardá-la em caixas plásticas é também um erro. Aqui para além da questão ambiental, tens a questão da saúde. Opta por caixas de vidro ou de aço inoxidável.

Talheres e palhinhas de plástico. A tua vida é mais fácil com usar e deitar fora? Pensa no ambiente. Há alternativas viáveis que deves optar. Palhinhas de cartão biodegradável é um exemplo.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Nem Maldivas, nem Bali. Praia portuguesa considerada a melhor do mundo
Dicas para enfrentar o frio sem gastar muito dinheiro
E se pudesses comer a colher? Esta é em bolacha impressa em 3D