Smartcity

Matosinhos reduz iluminação pública para enfrentar crise energética

Concelho implementa medidas para poupar energia em equipamentos e edifícios municipais, iluminação pública e de Natal
Texto
Matosinhos poupa na iluminação
Matosinhos poupa na iluminação

A cidade de Matosinhos, no distrito do Porto, anunciou um conjunto de medidas para enfrentar a crise energética e colocou em prática um plano para poupar energia que prevê, entre outras novidades, a redução horária da iluminação natalícia, com as luzes a acenderem às 18h e a desligarem-se às 24h.

O número de estruturas decorativas de Natal com iluminação, em comparação com 2021, será reduzido em 25% e vão ser utilizados dispositivos eletrónicos que permitem poupar energia.

Matosinhos - AWAY
Matosinhos (foto: P. Menezes/Unsplash)

Ao nível da iluminação pública, que já é 100% LED e, por isso, de baixo consumo, passa a ser ligada uma hora mais tarde e desligada uma hora mais cedo.

Os equipamentos de ar condicionado nos edifícios municipais foram regulados de forma que a temperatura não ultrapasse os 22˚ ºC. Nas piscinas municipais a água terá uma temperatura máxima de 28 º˚C e para a água dos banhos o termómetro não irá além dos 38 º˚C.

Câmara Municipal de Matosinhos - AWAY
Câmara Municipal de Matosinhos (Foto: CM Matosinhos)

A autarquia compromete-se também em criar as melhores condições possíveis para que os seus funcionários utilizem meios de mobilidade suave, como por exemplo bicicletas.

Note-se que o Município de Matosinhos não é o primeiro a tomar medidas deste género. Coimbra, Porto e Anadia são alguns exemplos de autarquias que apresentaram planos de poupança para combater a crise energética.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Há um novo microcarro elétrico para a cidade que estica e encolhe
Descobre umas telhas que são na verdade pequenos painéis solares
Descobrimos marcas e lojas sustentáveis em Lisboa à boleia do elétrico 28