Energia

EDP financia 9 projetos de energia renovável para 1 milhão de pessoas em África

Energética apoia nove projetos que promovem o acesso a energia limpa em comunidades remotas e vulneráveis
Texto

Um milhão é o número que resulta da quarta edição do Fundo de Acesso à Energia, lançado pela EDP com o intuito de apoiar projetos de energia renovável nos países em desenvolvimento. Diz respeito ao montante do financiamento aos nove projetos finalistas, mas também ao número aproximado de pessoas que deles vão beneficiar.

Moçambique, Nigéria, Angola e Maláui são os quatro países onde serão implementados os nove projetos que promovem o acesso a energia renovável em comunidades remotas e vulneráveis, apoiados pela EDP.

O financiamento no valor de um milhão de euros terá impacto direto em áreas prioritárias como a saúde, a agricultura, a educação e o acesso a água potável.

EDP apoia projetos em África - AWAY
EDP apoia projetos em África (Foto: Annie Spratt/ Unsplash)

Entre os projetos finalistas, nove de um total de 158 submetidos a concurso, contam-se as malas solares que fornecem energia a maternidades da We Care Solar (Nigéria), micro-redes elétricas para abastecer postos clínicos da Konexa (Nigéria) ou sistemas solares para produção agrícola da aQysta Malawi (Maláui).

Em Moçambique vão ser apoiados os projetos da Associação Educafrica (fornecimento de energia limpa às novas instalações escolares e casa dos professores), da ADPP Moçambique (fornecimento a pescadores de máquinas de refrigeração e de congelamento alimentadas por energia solar) e da Fundación Energia sin Fronteras (instalação de um sistema solar fotovoltaico e outro de armazenamento na área agrícola de um orfanato).

EDP apoia projetos em África - AWAY
EDP apoia projetos em África (Foto: Doug Linstedt/ Unsplash)

A Fundação Cuerama, de Angola, será apoiada no fornecimento de energia limpa às suas próprias instalações, bem como a um centro médico e a uma escola primária e respetiva cantina escolar, entre outras intervenções.

Com o seu programa Fundo de Acesso à Energia, iniciado em 2018, a EDP procura reforçar a sua estratégia de impacto social, promovendo a inclusão energética em territórios mais desfavorecidos.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vê onde vão estar os radares da PSP em dezembro
Portugal poderá vir a ter produção de hidrogénio verde em Gondomar
Preço dos combustíveis: Governo impede descida prevista para esta semana