Sustentabilidade

Galp premeia startup que criou arca frigorífica alimentada a energia solar

Empresa nigeriana Koolboks foi a vencedora da grande final da primeira edição do Programa Startup the Future
Texto
Galp premeia startup nigeriana Koolbocks (foto: captura @koolbocks)
Galp premeia startup nigeriana Koolbocks (foto: captura @koolbocks)

Uma solução de refrigeração sustentável e acessível para o continente africano foi a inovação que valeu à Koolboks a vitória no concurso do primeiro programa internacional de startups lançado pela Galp.

Com 200 candidaturas recebidas, provenientes de quatro continentes e 54 países, o Programa Startup the Future premiou a startup de origem nigeriana, vencedora da grande final, com 50 mil euros.

Startup nigeriana premiada - AWAY
Startup nigeriana premiada (foto: divulgação)

Alimentada através de painéis solares e baterias de lítio, a arca Koolboks funciona em modo de refrigeração ou congelação, sendo que a energia acumulada durante o dia permite-lhe funcionar durante sete dias consecutivos, garantindo, assim, a qualidade dos alimentos.

Em comunicado, a Galp destaca as palavras de Deborah Gael, COO da Koolboks, ao explicar que esta inovação social permite suprir “grandes desafios que se colocam às populações”, uma vez que em África apenas 17% da população tem acesso a fontes de frio para conservação de alimentos.

A responsável da startup nigeriana destaca que a inovação trazida à iniciativa da Galp permite que “as mulheres africanas tenham mais autonomia, gerindo pequenos negócios assentes na venda de alimentos ou refeições”.

Já Georgious Papadimitriou, COO responsável pelas áreas de energias renováveis e inovação da Galp, sublinhou que a Koolboks “é uma resposta imediata às necessidades humanas mais básicas”.

Para além da Koolboks, foram finalistas do Programa Startup the Future mais três startups. Proveniente da Eslovénia, a Mobilyze, usa tecnologia preditiva para otimizar a localização de pontos de carregamento de veículos elétricos.

Do Brasil vieram a Delfos, uma startup que aplica inteligência artificial na produção de energia renovável, e GreenEnergy, que propõe produzir hidrogénio verde a partir do lodo das águas residuais.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Novo elétrico Citroën ë-C4 X chega a Portugal e já há preços
Maior central híbrida solar e hidroelétrica de África está a nascer no Gana
Vê como um frango pode alimentar milhares de pessoas