Mobilidade

Novo projeto cria os primeiros comboios movidos a hidrogénio em África

Iniciativa conjunta de cinco entidades vai desenvolver solução que permitirá descarbonizar o transporte ferroviário no continente
Texto
Imagem virtual do comboio híbrido a hidrogénio (foto: CMB.TECH/DR)
Imagem virtual do comboio híbrido a hidrogénio (foto: CMB.TECH/DR)

Um consórcio em que participa a empresa ferroviária estatal da Namíbia, TransNamib, vai realizar um investimento de 110 milhões de dólares da Namíbia (cerca de 6,1 milhões de euros) para a criação das duas primeiras locomotivas movidas a Diesel e hidrogénio do continente africano.

As duas locomotivas reconvertidas ficarão ao serviço da TransNamib, com uma a ser fornecida pela própria empresa e outra a ser proveniente da Traxtion, um fabricante de comboios da África do Sul.

Comboio a hidrogénio (Foto: F. Rumpenhorst/picture alliance via Getty Images)

Para além destas duas empresas, estão também envolvidas no projeto os especialistas em hidrogénio da Hyphen Technical, que o lideram, a Universidade da Namíbia e os belgas especializados em aplicações daquele gás da CMB TECH.

Caso venha a ser bem-sucedido, este teste piloto servirá de base para uma próxima fase do projeto, que passa pelo desenvolvimento futuro de locomotivas movidas a hidrogénio com vista à substituição da totalidade da frota da TransNamib, atualmente composta por 41 locomotivas.

As duas locomotivas serão reconvertidas para aceitar Diesel e hidrogénio verde produzido na Namíbia e deverão estar prontas para começar a circular dentro de 20 meses. Os testes em linha férrea durarão aproximadamente dois anos.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabias que 1 em cada 4 EV utilizam baterias da Coreia do Sul?
Preço da gasolina e do gasóleo desce na próxima segunda-feira. Vê aqui
Autocarro português a hidrogénio está a chegar à Europa