Smartcity

Coimbra apaga as luzes por causa da crise energética e nem o Natal escapa

Câmara da cidade decidiu reduzir o horário da iluminação ornamental e em alguns casos vai mesmo desligá-la
Texto
Cidade de Coimbra poupa na eletricidade (Foto: Rafael Ojea Perez/Flickr)
Cidade de Coimbra poupa na eletricidade (Foto: Rafael Ojea Perez/Flickr)

Coimbra prepara-se para reduzir a iluminação ornamental na cidade devido à crise energética. Para a época festiva, também já há planos para se reduzir substancialmente o número de horas das luzes de Natal.

Face ao aumento dos preços da energia, a cidade criou o Plano de Poupança de Energia da Câmara de Coimbra. Numa primeira fase, a iluminação ornamental da ponte Rainha Santa e de todas as rotundas vai ser desligada e as estátuas e monumentos vão ter a iluminação limitada aos fins de semana, entre as 18h e as 23h.

As fontes ornamentais serão apenas ativadas das 10h às 21h aos fins de semana.

Iluminação de rua em Coimbra
Iluminação em Coimbra (Foto: Coussier/Flickr)

Os Arcos do Jardim e a ponte Pedro e Inês vão manter a iluminação, já que têm um sistema mais recente.

Nesta primeira fase, a Câmara prevê reduzir em 66,5% os consumos atuais, o que irá representar uma poupança de 68 mil euros anuais.

Está prevista também uma segunda fase que entrará em vigor dependendo da evolução dos preços da energia. Neste caso, haverá um corte de 87% dos consumos, já que a ideia é desligar iluminação de igrejas, capelas, edifícios e estátuas com sistema binário.

Natal com menos luz em Coimbra

A época natalícia em Coimbra vai sofrer cortes significativos na iluminação face a 2021. As luzes de Natal vão ser ligadas a 1 de dezembro, mas o período de iluminação vai ser reduzido para garantir poupanças.

Uma vez que grande parte da iluminação natalícia está em zonas de comércio tradicional, que fecha às 19h, a Câmara irá acender as luzes natalícias apenas entre as 18h e as 23h.

Luzes de Natal em Coimbra
Luzes de Natal em Coimbra (Foto: Ig8/Flickr)

Graças a esta decisão, o período em que vai haver iluminação é 41% inferior ao do ano passado (189 horas em 2022 face a 320 horas em 2021).

Além das medidas já anunciadas, a vereadora com a pasta dos espaços públicos, Ana Bastos, citada pela Lusa, referiu que foi criada uma equipa interna de trabalho para estudar formas de se conseguir maiores poupanças de energia para a iluminação pública em Coimbra.

Estas novas medidas deverão ser apresentadas no Plano Municipal de Poupança Energética 2022-2023.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Tecnologia Nissan e-Power nos novos Qashqai e X-Trail
Vê onde vão estar os radares da PSP em dezembro
Portugal poderá vir a ter produção de hidrogénio verde em Gondomar