Energia

Mustang Mach-E possui agora três recordes no Guinness Book

O SUV totalmente elétrico da Ford estabeleceu o menor tempo de carregamento, o menor número de paragens para carregar num percurso de 1350 Km e o menor consumo de energia
PUB

O modelo totalmente elétrico Ford Mustang Mach-E continua a somar recordes de autonomia. São já três os oficialmente reconhecidos pelo Guinness World Records, com os últimos dois a serem registados na mesma viagem – um percurso de 1350 Km que une os pontos mais distantes entre si na maior ilha britânica, entre John O'Groats (Escócia) e Land's End (Inglaterra).

O Mustang Mach-E registou o tempo de carregamento mais curto naquela que é considerada a viagem mais longa da Grã-Bretanha – 43 minutos e 13 segundos – bem como o menor número de paragens para carregamento – no caso apenas uma, o que permitirá ao modelo americano conservar o recorde para todo o sempre.

PUB

Os dois registos agora alcançados pelo Mach-E juntam-se a um outro obtido no passado mês de julho na mesma rota: o de menor consumo de energia por parte de um veículo elétrico – 10,46 Km por quilowatt hora (kWh). Com esta prestação, o Mach-E registou uma autonomia superior a 810 Km, bem acima dos 610 Km anunciados oficialmente pela Ford.

PUB
PUB

O recorde do tempo de carregamento conseguido pelo Mustang Mach-E superou o anterior em 30 minutos, por força dos cerca de 118 Km de autonomia conseguidos por cada período de dez minutos de carregamento rápido.

“O relatório da Ford Go Electric sobre as perceções dos consumidores revela que o alcance médio que o público pensa que um carro eléctrico pode percorrer é inferior a 240 Km”, explica Tim Nicklin, gestor de eletrificação da Ford. “Se o Mach-E consegue atingir bem mais do tripo dessa distância nas mãos de profissionais e menos de 45 minutos de carga, pode facilmente satisfazer as necessidades diárias dos clientes."

Continuar a ler
Home
Cidades
Conhece aqui o vencedor do Prémio Gulbenkian para a Humanidade
Mobilidade
Vídeo: Famel regressa com mota elétrica
Sustentabilidade
Google Maps irá indicar rotas amigas do ambiente para evitar emissões de CO2