Sustentabilidade

Estão a nascer mais tartarugas. Cabo Verde bate recorde no número de ninhos

Cabo Verde registou perto de 130 mil ninhos em 2023
Texto
Tartarugas marinhas (Foto: H. Juanda/AP)
Tartarugas marinhas (Foto: H. Juanda/AP)

O número de ninhos de tartarugas está a aumentar. Em 2023, Cabo Verde registou 129.370 ninhos de tartarugas marinhas, quase o dobro dos 64.488 de 2022.

De acordo com dados da Rede de Conservação Ambiental de Cabo Verde (Taola+), a ilha da Boa Vista foi a que registou maior número de ninhos, com 75.998, mais de metade do total. Sal foi a segunda, com 25.485, segunda de Maio, com 14.995.

Estas três ilhas acolhem 95% da nidificação que ocorre no arquipélago, enquanto Santiago e o resto das ilhas representam 5%.

Tartarugas - AWAY
Tartarugas marinhas (foto: C. Rush/Unsplash)

A época de desova de tartarugas, em que a espécie se desloca para as praias do arquipélago para fazer os seus ninhos, decorre de junho a novembro.

A Taola+ é uma rede de conservação ambiental em Cabo Verde que reúne organizações não-governamentais ligadas ao meio ambiente para trabalharem na proteção e conservação do ambiente.

Criada em 2009, tratava apenas questões relacionadas com a proteção de tartaruga, mas em 2022 foi transformada em Taola+ para abranger tudo o que tem a ver com a conservação ambiental, envolvendo 20 membros de várias organizações.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Estes iates de sonho a energia solar vão ser feitos com garrafas de plástico
Empresa portuguesa vai construir central de energia solar de 19 milhões de euros
5 formas de aproveitares as borras de café e dar-lhes uma nova vida