Sustentabilidade

Schindler assume meta de zero emissões até 2040

Empresa criou objetivos a curto e longo prazo para baixar emissões de carbono e cuidar do meio ambiente
Schindler compromete-se com zero emissões
Schindler compromete-se com zero emissões

Com o objetivo de cumprir o seu papel para ajudar a limitar o aumento da temperatura global a 1,5ºC, a Schindler, empresa de elevadores e escadas rolantes, criou objetivos a curto e longo prazo para atingir zero emissões de gases de efeito estufa até 2040.

Os objetivos foram criados com base em critérios científicos aprovados pela iniciativa Science Based Targets (SBTi), numa parceria entre o Carbon Disclosure Project (CDP), o Pacto Global das Nações Unidas (UNGC), o World Resources Institute (WRI) e o World Wide Fund for Nature (WWF).

Numa primeira fase, a Schindler definiu metas para atingir, até 2030, uma redução de 50% nas emissões comparativamente aos níveis de 2020. Isto inclui cortar as emissões diretas, provenientes da frota de veículos, edifícios e processos que fazem parte das operações, e as emissões indiretas, que surgem das compras de energia e climatização de espaços.

Será também essencial reduzir as emissões da cadeira de valor numa proporção de 42%.

Até 2040, a Schindler quer reduzir 90% das suas emissões de gases em todas as áreas, sendo que a SBTi recomendou que a empresa desse prioridade às emissões diretas e que tentasse neutralizar emissões residuais.

Esta decisão foi divulgada em conjunto com o Relatório de Responsabilidade 2021 que mostra a evolução da empresa em relação ao seu Plano de Sustentabilidade para 2022.

(Fotos: divulgação e M. Heyde/Unsplash)

Continuar a ler
Home
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
Porsche bate Tesla e estabelece novo recorde elétrico em Nürburgring
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas