Sustentabilidade

Ambientalistas apelam à redução dos limites nas emissões de C02

Pedido dirigido ao Parlamento Europeu tem como objetivo a definição de metas mais ambiciosas até 2030
Poluição automóvel (Foto: Olek/Unsplash)
Poluição automóvel (Foto: Olek/Unsplash)

Acabar com a venda de novos automóveis com motor de combustão e elevar significativamente as metas de redução de CO2 para os fabricantes de automóveis a partir de 2030 “ou bastante próximo disso”. A exigência partiu de mais de 50 organizações ambientalistas europeias e é dirigida ao Parlamento Europeu.

As organizações, entre as quais se inclui a portuguesa Zero, estão a pedir ao organismo europeu que vote pela redução dos limites máximos de emissões de dióxido de carbono dos automóveis novos ligeiros de passageiros e mercadorias. Citadas pela agência Lusa, defendem metas mais ambiciosas “tanto em 2025 como em 2030 e com um objetivo intercalar para 2027”.

Já no próximo dia 7 de junho, vão ser votados novos limites para emissões até 2040, pelos eurodeputados. A esperada redução é aplaudida pelos ambientalistas, por entenderem que só assim será possível resolver o problema da qualidade do ar nas cidades.

“Esta é uma medida fundamental para a Europa se tornar independente energeticamente e cumprir a neutralidade climática em 2050 ou antes”, sublinharam as organizações ambientalistas, que também pediram que os automóveis elétricos “se tornem mais baratos do que os equivalentes com motor de combustão”. Na opinião da Zero, a definição de limites mais baixos nas emissões de CO2 irá acelerará a transição para veículos elétricos.

Os ambientalistas chamaram também à atenção para o que consideram ser “soluções verdes falsas de propaganda ambiental por parte das petrolíferas”, pedindo aos eurodeputados para que aproveitem a "oportunidade de ouro" para aumentarem as exigências aos fabricantes.

Só em Portugal, garante a Zero, cerca de 6 mil pessoas morrem anualmente devido à poluição causada por automóveis de passageiros e veículos de mercadorias.

Continuar a ler
Home
Combustíveis: gasóleo vai finalmente descer na próxima segunda-feira
Supervan desportiva de entregas rápidas com 1.470 kW
Carros elétricos usados. Uma boa opção? O que ter em conta?