Energia

Fundação Champalimaud terá painéis solares e consumirá apenas energia limpa

Fundação Champalimaud alia-se ao grupo Greenvolt para alcançar neutralidade carbónica
Texto
Fundação Champalimaud (foto: Horacio Villalobos#Corbis/Corbis via Getty Images)
Fundação Champalimaud (foto: Horacio Villalobos#Corbis/Corbis via Getty Images)

A Fundação Champalimaud está focada em reduzir a sua pegada ecológica e, para tal, aliou-se ao Grupo Greenvolt para passar a consumir apenas energia renovável. Desta forma, passa a ser a primeira instituição de saúde a nível mundial a consumir apenas energia limpa.

Depois de se ter aliado à Philips com o objetivo de reduzir as suas emissões de dióxido de carbono (CO2) para metade, a Fundação Champalimaud junta-se agora ao Grupo Greenvolt para criar uma Comunidade de Energia Renovável.

Fundação Champalimaud - AWAY
Fundação Champalimaud (foto: Hans Permana/Flickr)

Na cobertura do Centro Clínico Champalimaud vão ser instalados 1580 painéis solares com capacidade de 861 kWp que vão produzir anualmente 1437 MWh de energia limpa. Graças à produção fotovoltaica, será possível evitar a emissão anual de mais de 380 toneladas de CO2.

Para satisfazer todas as necessidades energéticas da Fundação Champalimaud, a Grenvolt vai também fornecer energia limpa de outras comunidades localizadas num raio de 4 km.

Num prazo de 5 anos, a instituição será a primeira a nível mundial a consumir 100% de energia limpa, é referido em comunicado.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Microcarro da Silence tem bateria amovível com rodinhas
Clássico Renault 5 renasce em versão elétrica e moderna
Já podes carregar o teu cartão de transporte Navegante com o smartphone