Energia

Parque de energia eólica offshore pode nascer em Viana do Castelo

IberBlue Wind quer avançar com projeto de dois parques eólicos offshore flutuantes para Espanha e Portugal
Texto
Turbinas eólicas flutuantes (foto: IberBlue Winds)
Turbinas eólicas flutuantes (foto: IberBlue Winds)

Poderá nascer na Península Ibérica um projeto eólico offshore flutuante transfronteiriço com capacidade instalada de até 1,96 GW. O plano prevê a instalação de dois parques de energia eólica que ficarão ao largo das costas de Viana do Castelo e Pontevedra.

Batizados de Creoula e Juan Sebastián Elcano em homenagem a dois navios históricos, o projeto para os parques eólicos offshore flutuantes foi apresentado pela IberBlue Wind, uma joint-venture que opera no mercado ibérico.

Caso avance, o projeto implicará um investimento global de cerca de 4 mil milhões de euros tanto para construção como manutenção.

Turbinas eólicas - AWAY
Projeto prevê instalação de 109 turbinas eólicas flutuantes (foto: IberBlue Wind)

Ao todo vão ser 109 turbinas eólicas de 18 MW, sendo que em Viana do Castelo ficará o parque Creoula com 80 aerogeradores e capacidade total de 1440 MW, e na costa espanhola ficará o Juan Sebastián Elcano, com 29 turbinas e potência nominal de 522 MW.

Em comunicado, a IberBlue Wind refere que ao fazer a implementação dos dois projetos em simultâneo, poderá reduzir os custos em até 32%. Além disso, maximizará sinergias tanto na fase de construção como de operações, o que permitirá uma redução dos preços de energia.

Este não seria o primeiro parque da IberBlue Wind em Portugal. Este ano, a joint-venture anunciou o desenvolvimento de um projeto eólico offshore na costa da Figueira da Foz.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
E-bikes Veloretti: design moderno e 120km de autonomia
Algas em vez de plástico? Empresa cria embalagens sustentáveis com algas
Radares da PSP. Vê onde vão estar na semana de 4 a 10 de dezembro