Energia

EDP Renováveis capta €2,2 mil milhões para parque eólico offshore

Parque de energia eólica offshore da joint venture da EDP Renováveis e Engie garante 2,2 mil milhões de euros
Texto
Parque eólico offshore da Ocean Winds (foto: EDP Renováveis)
Parque eólico offshore da Ocean Winds (foto: EDP Renováveis)

A fase de financiamento do parque de energia eólica offshore Moray West, na Escócia, chegou ao fim. O projeto da Ocean Winds, uma joint venture da EDP Renováveis com a Engie, já tem os 2,2 mil milhões de euros necessários para a construção que arranca no fim de 2023.

Com o fecho financeiro, que foi garantido graças aos investimentos da Ocean Winds e do Grupo Ignitis, que é um acionista minoritário, o projeto entra agora na fase seguinte para garantir os elementos necessário da cadeia de abastecimento para avançar depois para a instalação de turbinas eólicas offshore.

Parque eólico offshore - AWAY
Parque eólico offshore Moray East, próximo do Moray West (foto: EDP Renováveis)

O parque eólico offhsore Moray West irá produzir energia maioritariamente para empresas, tendo já sido assinados contratos de compra de energia para mais de metade da capacidade de produção do projeto. Deverá estar a funcionar em pleno em 2025.

Com capacidade de 882 MW, o parque offshore da Moray West vai produzir energia suficiente para suprir as necessidades de 1,33 milhões de casas por ano e vai ajudar o Reino Unido e a Escócia a atingir os seus objetivos de produção renovável.

A Ocean Winds tem um portefólio de 6 GW de parques eólicos offshore no Reino Unido entre projetos já em funcionamento e a serem desenvolvidos. Um deles é o Moray East com capacidade instalada de 950 MW.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais para o Algarve? Vê se a tua praia perdeu o selo de 'Qualidade de Ouro'
Radares da PSP: é aqui que vão estar na semana de 20 a 26 de maio
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável