Mobilidade

Mercedes revela novo elétrico EQS SUV: até 7 lugares e autonomia de 660 km

Versátil modelo familiar chegará ao mercado no segundo semestre deste ano em três versões

Apostada na evolução e crescimento da sua gama de veículos totalmente elétricos, a Mercedes-Benz vai reforçar a oferta na categoria dos Sports Utility Vehicles com o novo topo de gama EQS SUV, modelo que partilha a plataforma com o EQS versão berlina e com o EQE, e cuja produção a marca diz ser “completamente neutra em termos de CO2”.

Muito espaço, conforto e conetividade são as promessas da Mercedes-Benz, no que ao seu mais recente modelo elétrico diz respeito. Mas comecemos pelas soluções mecânicas.

O EQS estará disponível nas versões 450+, 450 4Matic e 580 4 Matic, a primeira com tração traseira e as outras duas com tração integral, graças à colocação de um segundo motor elétrico no eixo frontal. Nos 450 a potência disponível é de 265 kW (355 cv), ao passo que no 580 sobe para 400 kW (536 cv).

A baterias de iões de lítio de 107,8 kWh oferece autonomias máximas que se situam entre os 613 km das versões 4Matic e os 660 km da versão de tração traseira.

Ao nível do espaço, o EQS SUV tem um maior habitáculo do que a versão berlina, o que permite acrescentar uma terceira fila de bancos para acomodar dois passageiros, elevando a capacidade total para sete ocupantes.

Sobre o conforto, para além da sofisticação bordo, o EQS SUV vem equipado com um sistema de filtragem do ar designado Energizing Air Control Plus que através de sensores e filtros impede que partículas finas, micropartículas, pólen e outras substâncias entrem no habitáculo.

Um ponto forte do novo SUV elétrico da Mercedes-Benz é, sem dúvida, a conetividade, providenciada pelo software proprietário do construtor alemão, MBUX, o qual se adapta aos utilizadores e fornece sugestões personalizadas para numerosas funções de infoentretenimento, conforto e gestão do veículo.

Em termos de equipamento, a estrela é o grande e curvo ecrã Hyperscreen (na verdade são três ecrãs cobertos por um vidro comum), que ocupa quase toda a largura entre os pilares frontais.

O passageiro tem a sua própria área de visualização e controlo através de um ecrã OLED de 12,3 polegadas, preparado para projetar conteúdos dinâmicos mesmo com o veículo em movimento. Mas só mesmo para o passageiro. Caso a câmara detete que o condutor está a olhar para este ecrã, o sistema escurece-o automaticamente

O EQS SUV chegará ao mercado no segundo semestre deste ano, sendo ainda desconhecidos os preços das diferentes versões.

Continuar a ler
Home
Novos radares em Lisboa dia 01 de junho. Sabe aqui onde estão
Cuidado com o calor. Vêm aí máximas de 35 graus!
Sabias que há cidades que podem contribuir para a tua saúde?