Atualidade

Noruega aprova mineração do mar apesar de preocupações ambientais

Cientistas alertam para o impacto que a mineração do fundo do mar pode ter nas espécies marinhas
Texto
Mar na Noruega (foto: Maddalena Rabanser/Unsplash)
Mar na Noruega (foto: Maddalena Rabanser/Unsplash)

A Noruega prepara-se para ser o primeiro país a avançar com a mineração do fundo do mar à escala comercial. O parlamento votou e decidiu avançar com a aprovação para se fazer exploração mineira no Ártico apesar das objeções de ativistas ambientais.

O objetivo da noruega é ser o primeiro país a fazer mineração do fundo do mar à escala comercial de forma a garantir o acesso a minerais considerados essenciais como lítio e cobalto. No entanto, esta decisão não chega sem críticas já que há preocupações relativamente ao impacto ambiental.

Cientistas alertam que a mineração poderá ter um grande impacto na vida marinha, e a União Europeia e o Reino Unido já pediram para que haja uma proibição temporária do processo, refere o The Guardian.

Mar na Noruega - AWAY
Ainda não se sabe quando avança mineração (foto: Timo Makelaine/Unsplash)

De acordo com a Reuters, neste momento ainda não se sabe quando a mineração deverá avançar, mas o plano é dar os direitos exclusivos às empresas que se candidatarem para que estas possam retirar minerais de determinadas áreas.  

“Vamos tentar perceber se isto poderá ser feito de uma forma sustentável, e esse é o passo que damos agora”, disse o ministro da Energia Terje Aasland ao parlamento, cita a Reuters.

A versão aprovada no parlamento norueguês exige análises ambientais restritas durante a fase de exploração para a mineração no fundo do mar.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Parte do plástico em Portugal é reciclado com recurso a energia solar
Vais comprar pão? 6 dicas para aproveitares até à última migalha
Quanto tempo demora o Citroën ë-C4 X a percorrer 1000 quilómetros?