Energia

O que é o hidrogénio branco? O que vale a nova energia do futuro?

Será que a nova energia sustentável pode ser a solução para uma Europa livre de combustíveis fósseis?
Texto
Estação de hidrogénio (foto: CFOTO/Future Publishing via Getty Images)
Estação de hidrogénio (foto: CFOTO/Future Publishing via Getty Images)

Hidrogénio tem sido apontado pelos mais diversos especialistas como um dos mais promissores combustíveis limpos do futuro. Da sua utilização, ou queima, provém apenas emissões de calor e água, o que o torna a mais evidente alternativa aos combustíveis fósseis.

A produção de hidrogénio existe há algum tempo, mas tem estado assente em fontes de gás ou carvão, o que torna a solução igualmente nociva ao ambiente. Mas a necessidade de anular os combustíveis fósseis vez com que tenham surgindo alternativas, como é o caso do hidrogénio verde (que Portugal também quer produzir e exportar e até já é utilizado na rede nacional de gás), que ganham vantagem competitiva e ecológica. Agora surge o hidrogénio branco, também designado como hidrogénio natural ou puro.

O hidrogénio verde, para ser realmente sustentável tem de ser produzido recorrendo a fontes de energia limpas, como são as centrais solares, eólicas ou hídricas. E estas, para serem igualmente 100% sustentáveis tem de assegurar o próprio abastecimento renovável (no caso dos geradores das hídricas, por exemplo). E este é um dos principais problemas do hidrogénio verde: o custo de produção. O hidrogénio branco não parece ter este handicap, como iremos perceber.

hidrogénio verde - away
Hidrogénio verde (foto: Bernat Armangue/Associated Press)

Quando em maio deste ano, quase por acaso, dois cientistas franceses, que testavam níveis de metano no subsolo, descobriram uma gigantesca reserva de hidrogénio branco em Lorraine, surgiu uma nova possibilidade de energia limpa e muito mais barata de aceder. Na verdade, quer o Mali em África, quer a Austrália e até Espanha ou os Estados Unidos da América já encontraram reservas de hidrogénio branco, estando em diferentes estágios de análise ou exploração e por isso passando um pouco “ao lado” do recente mediatismo francês.

A diferença destas explorações para a descoberta em França é que, de acordo, com os dados divulgados pela imprensa francesa, citando os relatórios do Centro de Pesquisa Cientifica Francês (CNRS) e da Universidade de Lorraine, poderemos estar perante uma das maiores reservas naturais de hidrogénio branco do mundo, algo tipo 46 milhões de toneladas de hidrogénio. Para se perceber do que estamos a falar, mais do que toda a atual produção de hidrogénio não renovável no planeta.

hidrogénio - verde
Atestar de hidrogénio (foto: Geoffroy Van Der Hasselrafp/GettyImages)

O que é o hidrogénio branco?

O hidrogénio é um dos elementos químicos mais abundantes no planeta pois está em praticamente todo o lado, como é fácil de perceber logo à partida pela composição da água (H20). Mas a verdade é que até há pouco tempo não se identificavam fontes de hidrogénio no estado puro no planeta em quantidade que justificasse a exploração comercial. Esta é a principal definição do hidrogénio branco ou natural: que existe no estado puro e que (aparentemente) é inteiramente renovável por processos naturais.

Ainda que para os cientistas não seja completamente claro como é que o hidrogénio branco se renova ou até como se forma nos locais onde já se identificou, com estas descobertas e com a possibilidade de extração de hidrogénio num estado “natural” é reduzido de forma expressiva o custo do hidrogénio.

natureza - away
O hidrogénio pode ser encontrado em praticamente todo o lado (foto: Niki Emmert/Pixabay)

O custo de exploração do hidrogénio branco é, à partida, bem mais acessível do que o custo de produção do hidrogénio verde (ou cinza, ou outro). Dados da S&P Global permitem perceber que 1 kg de hidrogénio pode atualmente oscilar entre 5 a 14 euros (análise independente aos preços nos últimos anos), dependendo da forma como (e onde foi) produzido. Estes mesmos especialistas afirmam que nos próximos anos o preço pode descer até €1,5/Kg.

E é aqui que o hidrogénio natural marca a diferença. É que, com esta descoberta, os analistas afirmam que este hidrogénio poderá chegar ao mercado a valores da ordem dos €0,5/Kg, tornando-o mais competitivo do que todas as atuais propostas e acabando com a discussão de preço face às equivalentes energias fósseis como o gás natural.

hidrogénio - away
Armazenamento de hidrogénio (foto: Eric Piermontafp/GettyImages)

Se existir confirmação de que existem depósitos de hidrogénio natural onde o elemento está acumulado e é renovado naturalmente, este pode ser extraído e dar início a uma nova era de combustível renovável e mais acessível.

Há um senão em toda esta bela história. É que ainda faltam todas as infraestruturas de distribuição e armazenamento… mas isso é verdade seja o hidrogénio branco, cinza, verde ou qualquer outra cor que identifique a sua origem.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais para o Algarve? Vê se a tua praia perdeu o selo de 'Qualidade de Ouro'
Radares da PSP: é aqui que vão estar na semana de 20 a 26 de maio
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável