Sustentabilidade

Inteligência Artificial ajuda a proteger as abelhas em Portugal

Projeto da NOS vai avaliar a saúde das colmeias de abelhas através do som
Texto
Abelhas (foto: Bianca Ackermann/Unsplash)
Abelhas (foto: Bianca Ackermann/Unsplash)

As abelhas portuguesas têm uma nova aliada na sua proteção: a Inteligência Artificial (IA). A solução é apresentada pela NOS e vai permitir avaliar a saúde das colmeias.

O projeto AI-belha surgiu na NOS Inovação e baseia-se em 5G e na IA para monitorizar e avaliar a saúde das colmeias através do som. É uma resposta direta ao declínio que se tem visto dos polinizadores em Portugal.

Esta solução virada para o ambiente nasceu de uma ferramenta usada no NOS Alive para medir o entusiasmo e a emoção de quem marcava presença no festival. Dos concertos passou agora para as colmeias, e em vez do público, a ferramenta vai detetar a presença da abelha-rainha e avaliar o comportamento das abelhas.

Abelhas - AWAY
Projeto vai ver saúde das colmeias (foto: Leandro Fregoni/Unsplash)

Durante pelo menos seis meses, o projeto vai estar em fase piloto. Os apicultores vão usar um smartphone 5G para recolher o som emitido pelas abelhas, tal como se tratasse de uma chamada telefónica.

O áudio recolhido é enviado para um servidor cloud e os ruídos são analisados através de IA. A partir dos ruídos, o sistema consegue identificar se a abelha-rainha – essencial para a saúde da colmeia – está ou não presente. Os padrões sonoros captados também vão indicar sinais negativos de saúde.

A NOS tem contactado apicultores e os primeiros testes deverão arrancar já esta primavera. A duração do projeto vai depender da qualidade e quantidade dos dados recolhidos.

Em comunicado, a NOS refere que apicultores que queiram participar no programa-piloto poderão contactar a empresa.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP: vê onde vão estar na próxima semana de 22 a 28 de abril
Mundo vive branqueamento em massa de corais pela segunda vez em 10 anos
Vê como fica o preço dos combustíveis na próxima semana