Mobilidade

Metro de Lisboa vai ter interrupções nas linhas verde e amarela

Trabalhos relacionados com a expansão da rede obrigam a cortes na circulação entre 15 de abril e 7 de julho
Texto
Metropolitano de Lisboa (foto: AWAY/ DR)
Metropolitano de Lisboa (foto: AWAY/ DR)

Durante os próximos três meses são vários os períodos em que as linhas amarela e verde do Metropolitano de Lisboa estarão encerradas à circulação. O motivo são as obras relacionadas com o plano de expansão da rede.

Em comunicado, a Metropolitano de Lisboa adianta que as intervenções a realizar nas duas linhas até dia 7 de julho prendem-se com a integração dos dois novos viadutos construídos no Campo Grande com os viadutos já existentes.

Metropolitano de Lisboa - AWAY
Metropolitano de Lisboa (foto: AWAY/ DR)

A complexidade dos trabalhos a realizar, esclarece a empresa, obriga a uma série de interrupções temporárias na circulação e em partes das linhas amarela e verde, de acordo com o seguinte calendário:

  • 15 a 26 de abrilLinha verde: troço encerrado entre as estações Telheiras e Alvalade
  • 29 a 30 de abrilLinha amarela: troço encerrado entre Cidade Universitária e Rato
  • 2 de maio a 7 de julhoLinha verde: estação Telheiras encerrada; Linha amarela: troço encerrado entre Campo Grande e Cidade Universitária

Por forma a mitigar os impactos causados durante estes períodos, a Metropolitano de Lisboa assegura que aumentará a oferta de comboios na linha verde e que irá articular com outros operadores de transporte o reforço das suas carreiras.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais poder andar de táxi aéreo em breve. Primeiro eVTOL já foi entregue a cliente
Podes ser multado por levares o teu cão sem cinto de segurança no carro? Conhece as regras
Mais uma marca chinesa em Portugal. XPeng chega já este ano