Sustentabilidade

BMW aposta em interiores em pele com couro produzido de forma sustentável

Marca alemã juntou-se à Leather Working Group para garantir um padrão de sustentabilidade no fornecimento de couro para interior de automóveis
BMW junta-se a Leather Working Group
BMW junta-se a Leather Working Group

Com o objetivo de ter uma cadeia de fornecimento mais sustentável e socialmente responsável e tendo em mente que há clientes que ainda procuram interiores em couro, o grupo BMW juntou-se ao Leather Working Group, uma organização que certifica produtores e que garante padrões sociais e ambientais uniformes na cadeia de fornecimento de pele. Desta forma, a BMW torna-se o segundo fabricante automóvel mundial a juntar-se à organização.

De acordo com a BMW, o couro é ainda um material muito pedido pelos clientes de alguns mercados e é especialmente importante para os interiores do segmento premium. Não sendo viável deixar de ter a opção, o fabricante automóvel quer garantir que o couro usado é produzido e processado de forma sustentável.

O BMW iX tem uma opção de interiores em couro e este já é fornecido por produtores certificados, sendo que a tonalidade é atingida através de um processo amigo do ambiente que usa extrato de folha de oliveira.

O grupo BMW tem estado focado em oferecer alternativas ao couro, como é o caso dos materiais Alcantara e Sensatec. De momento, estão a investigar outras possíveis alternativas sem ser de origem animal, como o Deserttex produzida a partir de fibras de catos e o Mirum, um material reciclado à base de plantas.

(Fotos: BMW)

Continuar a ler
Home
Radares: onde vão estar instalados os controlos de velocidade da PSP em julho
Lisboa é considerada a cidade mais feliz do mundo
Painéis solares grátis? Descobre como teres acesso