Sustentabilidade

Navigator poupa energia equivalente ao consumo de 31 mil casas

Em 5 anos, medidas de eficiência energética evitam 23 mil toneladas de CO2
Texto
The Navigator Company, Cacia (foto: divulgação)
The Navigator Company, Cacia (foto: divulgação)

A The Navigator Company tem adotado uma política de sustentabilidade com foco na eficiência energética e nas energias renováveis que tem estado a dar um importante contributo para a poupança energética e redução de emissões.

Nos últimos cinco anos, a Navigator investiu mais de 8 milhões de euros em projetos para a promoção da eficiência energética, traduzindo-se em poupanças de energia de 100 gigawatts-hora/ano (100 Gwh/ano), correspondendo ao equivalente do consumo de cerca de 31 mil habitações (aproximadamente o consumo de uma cidade como Setúbal ou Viseu).

navigator - away
Fábrica de Setúbal da The Navigator Company (foto: The Navigator Company)

Em comunicado de imprensa, a empresa sublinha que para além da poupança anual que estas medidas proporcionam, com uma poupança na fatura de energia estimada em 6 milhões de euros/ano, permitem ainda evitar a emissão de aproximadamente 23 mil toneladas de gases nocivos à atmosfera (dióxido de carbono – CO2).

As soluções aplicadas incidem em diferentes áreas nos seus quatro complexos industriais, nomeadamente na melhoria de eficiência de produção de ar comprimido, otimização de sistemas de arrefecimento, iluminação LED das suas naves industriais e eficiência térmica.

navigator - away
Unidade industrial Navigator, Figueira da Foz (foto: divulgação)

Ainda de acordo com a informação disponibilizada à imprensa, a Navigator refere que só em 2022, o investimento em projetos de eficiência energética ascendeu a 700 mil euros. A otimização dos processos produtivos associada à implementação de medidas promotoras da eficiência energética permitiu otimizar a energia consumida proveniente de fontes primárias, por tonelada de produto fabricado (-4% face a 2021).

A Navigator tem em curso o desenvolvimento de planos de ação de eficiência energética em cada uma das fábricas e o investimento em projetos de energia solar fotovoltaica em regime de autoconsumo para os processos produtivos dos complexos industriais da companhia.

A implementação de vários projetos fotovoltaicos, já em curso, permitirá ao grupo aumentar a capacidade instalada de energia solar fotovoltaica, dos atuais 7 MW para cerca de 37 MW.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Férias à vista: estas praias portuguesas têm as águas mais limpas do país
Legumes e frutas a estragar? Vê como prolongar a sua vida e evitar que acabem no lixo
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável