Sustentabilidade

Portugal tem 4 empresas em destaque em ranking ambiental internacional

Jerónimo Martins considerado o retalhista com melhor transparência ambiental e há mais três empresas portuguesas distinguidas
Texto
Empresas portuguesas (Foto: evening_tao, no Freepik)
Empresas portuguesas (Foto: evening_tao, no Freepik)

O grupo Jerónimo Martins foi considerado o retalhista alimentar com maior transparência em relação ao seu impacto climática e com melhores medidas de sustentabilidade a nível mundial em 2022. A classificação foi dada pela associação CDP - Disclosure Insight Action que avaliou perto de 15 mil empresas a nível mundial.

A CDP faz uma análise que abrange três vertentes, alterações climáticas, gestão da água enquanto recurso crítico e florestas e dá uma classificação que vai de A, para empresas que além de divulgarem o seu impacto ambiental têm medidas concretas para diminuir a sua pegada, a F, para as companhias que não são transparentes na área da sustentabilidade.

Loja Pingo Doce - AWAY
Loja Pingo Doce, da Jerónimo Martins

O grupo Jerónimo Martins recebeu a nota A pelo trabalho que tem feito para combater as alterações climáticas e na gestão da água. No segmento relativo às florestas, o retalhista portuguesa recebeu A-.

De acordo com a Jerónimo Martins, nenhuma outra empresa do retalho obteve uma classificação tão elevada na avaliação deste ano da CDP.

Empresas portuguesas com boa avaliação

Das quase 15 mil empresas avaliadas pela CDP, pouco mais de 330 conseguiram alcançar a nota máxima em pelo menos uma das três vertentes. Neste grupo restrito, há quatro empresas portuguesas.

Além da Jerónimo Martins, que se destaca não só pela boa classificação, mas por ser a melhor dentro do retalho, surgem também a operadora Nos, a produtora de papel The Navigator Company e a empresa energética EDP.

The Navigator Company - AWAY
The Navigator Company entre empresas bem classificadas

A EDP surge com o duas notas A nos parâmetros das alterações climáticas e da água, igualando assim a Jerónimo Martins.

A Nos e a Navigator destacam-se apenas a nível de alterações climáticas. Com a nota A, pode concluir-se que as duas companhias nacionais têm feito um bom trabalho na transparência em relação ao seu impacto ambiental, assim como em relação às ações que têm optado por tomar para melhorar o seu desempenho ao nível do combate às alterações climáticas.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo