Sustentabilidade

Parceria vai dar bolsas para licenciaturas na área das ciências florestais

22 bolsas de estudo irão assegurar o valor total das propinas em cursos da área florestal de quatro instituições do ensino superior
Parceria dá bolsas para cursos na área florestal (Foto: A. Intraversato/Unsplash)
Parceria dá bolsas para cursos na área florestal (Foto: A. Intraversato/Unsplash)

A área florestal tem tido uma crescente importância estratégica para o país e a procura por profissionais do setor tem crescido. No entanto, a oferta é pouca. Para minimizar o problema, a Corticeira Amorim, a Sonae Arauco, a The Navigator Company e a Altri juntaram-se numa parceria público-privada para financiar 22 bolsas de estudo para alunos que ingressem em cursos ligados à floresta.

As bolsas de estudo irão cobrir o valor total das propinas e foram criadas para os cursos de Engenharia e Biotecnologia Florestal na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Universidade do Porto, Engenharia Florestal e dos Recursos Naturais no Instituto Superior de Agronomia e Ciências Florestais e Recursos Naturais na Escola Superior Agrária de Coimbra.

Com este novo financiamento, pretende-se criar um estímulo extra para que haja mais interesse em estudar as ciências florestais, um setor que tem vindo a crescer nos últimos anos.

Em 2019, o setor florestal contabilizava 2,3% do emprego nacional. Esta percentagem irá aumentar nos próximos anos, uma vez que até ao final da década, espera-se um investimento de cerca de sete mil milhões de euros na floresta nacional, algo que poderá vir a criar mais de 60 mil postos de trabalho.

Continuar a ler
Home
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
Porsche bate Tesla e estabelece novo recorde elétrico em Nürburgring
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas