Sustentabilidade

Verney revela ténis e sapatos produzidos em Portugal a partir de maçãs

Marca portuguesa Verney utiliza materiais ecológicos e incomuns, como restos de maçã, para a produção dos seus sapatos
Texto

E se os teus próximos sapatos forem feitos de maçã? É esta a proposta da marca portuguesa Verney Sustainable Shoes que cria calçado sustentável, feito em Portugal e produzido com recurso a materiais ecológicos e incomuns, como milho, cânhamo, catos e roupa reciclada.

Botas e ténis são os produtos criados pela Verney utilizando maçã. Mas qualquer tipo de calçado pode ser produzido usando este material inovador de economia circular à base de fruta , já que ele se comporta como qualquer outro tecido.

Calçado sustentável Verney - AWAY
Tecido é produzido com restos de maçã

Para se criar o calçado, não se usam belas maçãs inteiras que poderiam estar na fruteira de uma casa, mas sim restos da fruta usados para produção de sumo pela indústria alimentar, no norte de Itália.

No fundo, tudo o que não acaba na bebida é aproveitado: a pele, a pola, as pevides. Tudo é triturado até criar um pó que depois é aglomerado com um tecido sintético que, de acordo com a Verney, é de elevada qualidade.

É este tecido que nasce deste processo que depois é transformado nas peças de calçado da marca portuguesa.

Calçado sustentável Verney - AWAY
Marca faz calçado com materiais sustentáveis

A sola, apesar de não ser feita com maçã, também tem uma pegada ecológica pequena. A marca explica que a sola que usam é feita com recurso a borracha natural (30%) e reciclada (50%). O resto da composição são sapatos velhos que foram triturados até se tornarem pó.

Porque o objetivo é mostrar que a moda também pode ser sustentável, ética e respeitar os animais, os modelos da Verney são produzidos em Portugal, em fábricas que cumprem as leis de defesa dos direitos humanos.

(Fotos: Verney)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Europa bate recorde de produção de energia eólica e solar
Preço dos combustíveis com forte descida na próxima semana
Radares da PSP para o mês de fevereiro: onde vão estar em todo o país