Sustentabilidade

Nova marca portuguesa de ténis sustentáveis é caso de sucesso internacional

Hirundo utiliza materiais reciclados e recicláveis para produção dos seus ténis e faz compensação carbónica
Texto

Hoje em dia, fazer escolhas mais sustentáveis não é de todo difícil. Há uma preocupação cada vez maior em criar produtos com uma pequena pegada ambiental o que leva a que praticamente tudo tenha uma versão mais sustentável, indo da mobilidade à alimentação, passando pela moda. E é neste campo que surge uma nova marca portuguesa, a Hirundo, que está focada em criar ténis o mais sustentáveis possível.

A Hirundo é uma marca de ténis com menos de um ano. Foi lançada com a ajuda de uma campanha de Kickstarter que financiou a primeira coleção e permitiu exportar metade dos produtos para vários países do mundo.

Todo o calçado da Hirundo é produzido artesanalmente e sempre tendo em consideração o ambiente. Por isso, o produto é composto por materiais reciclados e recicláveis de origem local.

Como é que isso é possível? De acordo com a marca portuguesa, os ténis Hirundo são feitos em couro certificado pelo “Leather Working group” que garante uma produção responsável do material, e a sola é de borracha sintética reciclável.

A cortiça também está nestas peças de calçado. Além das propriedades termorreguladoras e antibacterianas, este material é sustentável já que é possível fazer a sua extração sem danificar árvores.

Uma vez que a produção dos ténis da Hirundo não é 100% neutra, a empresa faz a compensação das suas emissões de carbono, algo que lhes valeu o selo “Carbon Neutral”.

Outro fator que torna os produtos da marca mais sustentáveis é o facto de apenas serem produzidos por encomenda. Ou seja, não há desperdício de material nem grandes stocks. Na hora do envio, a opção escolhida é também o mais sustentável possível, já que, sempre que possível, os ténis são enviados por terra para garantir o mínimo de emissões de CO2 possível.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
TAP encomenda dezenas de BMW enquanto recebe dinheiro do estado
Benfica vs PSG condiciona trânsito em Lisboa. Vê aqui tudo
Comboio de alta velocidade a hidrogénio arranca em Espanha em 2023