Sustentabilidade

Identificadores antigos Via Verde em peça de arte no Meo Kalorama

Via Verde aposta na arte para promover a sustentabilidade no Meo Kalorama
Texto
Via Verde com escultura no Meo Kalorama (foto: divulgação)
Via Verde com escultura no Meo Kalorama (foto: divulgação)

O Meo Kalorama, festival de música, arte e apelo à sustentabilidade, decorre no Parque da Bela Vista, em Lisboa, entre 31 de agosto e 2 de setembro. Este ano conta com o apoio da Via Verde, apostada em promover o consumo e a mobilidade sustentável, associando-se assim ao evento e revelando uma peça de arte onde os valores da sustentabilidade, transição energética e reciclagem marcam presença.

A obra de arte do artista italiano Fiumani é uma peça inédita, pensada e criada pela Via Verde em conjunto com o artista, que usa identificadores antigos de forma a sensibilizar para a importância da reciclagem dos equipamentos eletrónicos.

arte - away
Duas portas de carro e vários identificadores de Via Verde usados em obra de arte (foto: divulgação)

A obra de Fiumani baseia-se na metamorfose e tem como inspiração a borboleta, símbolo maior do processo de mudança.

Duas portas de carros e um conjunto de identificadores dão corpo a esta borboleta que abre as portas para uma nova realidade em que os resíduos se transformam em coisas novas, incluindo arte, e em que a mobilidade evolui para novos serviços e soluções.

Em comunicado de imprensa, Raquel Abrantes, diretora de marketing da Via Verde, refere que “esta obra do Fiumani vai sensibilizar o público do festival para o impacto ambiental dos resíduos eletrónicos – como os identificadores – e para a importância de não os tratar como lixo indiferenciado.”

A Via Verde acrescenta que a escolha de Fiumani para este projeto está também muito ligada ao percurso deste italiano com estúdio em São Domingos de Rana, onde também fica a sede da Via Verde e onde vai ficar instalada a obra depois do festival.

Fiumani mistura uma gama de influências que vão da arte urbana ao pós-punk com forte impacto em meios de mobilidade como as bicicletas personalizadas, o skate e o surf. As questões sociais estão muito presentes no repertório deste artista italiano que trabalha maioritariamente com materiais reciclados e reutilizados.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais poder andar de táxi aéreo em breve. Primeiro eVTOL já foi entregue a cliente
Podes ser multado por levares o teu cão sem cinto de segurança no carro? Conhece as regras
Mais uma marca chinesa em Portugal. XPeng chega já este ano