Sustentabilidade

Refletir o sol para baixar temperatura na Terra. Será a solução?

Há quem defenda que tecnologia de reflexão da luz do sol poderá ajudar a baixar temperaturas e recongelar polos
Texto
Tecnologia para refletir sol (foto: Jonathan Borba/Unsplash)
Tecnologia para refletir sol (foto: Jonathan Borba/Unsplash)

Parece uma opção quase descabida, digna de um filme de ficção científica, mas há cientistas que a defendem e até as Nações Unidas falaram sobre o tema. Será realmente viável utilizar tecnologia para refletir a luz do sol de volta para o espaço para ajudar a baixar a temperatura no planeta e combater as alterações climáticas?

A tecnologia em questão não inclui grandes espelhos nem para-sóis gigantes para impedir que as radiações solares cheguem à terra. Na verdade, uma das teorias defende a injeção de dióxido de enxofre, partículas com a capacidade de bloquear o sol, na estratosfera.

De acordo com os cientistas, esta opção poderia não só ajudar a baixar as temperaturas como também a recongelar os polos mais uma vez.

Apesar de estranho, este método já foi testado uma vez ainda que sem querer. Quando em 1991 o Monte Pinatubo, nas Filipinas, entrou em erupção, toneladas de dióxido de enxofre foram expelidas e as temperaturas no mundo baixaram 0,5 ºC, ainda que temporariamente.

Temperaturas altas - AWAY
Temperaturas no mundo continuam a subir (foto: John Locher/AP)

Um estudo da Universidade de Yale propõe um plano que inclui a utilização de 125 jatos para colocar as partículas na atmosfera, de forma regular, na zona do norte do Alasca e a sul da Patagónia. Desta forma, seria possível baixar a temperatura global em 2 ºC.

Ainda assim, a ideia não vem sem os seus riscos, já que seria necessário fazer cerca de 175 mil voos por ano para expelir as partículas, o que ia libertar toneladas de gases de efeito estufa no ar. Além disso, o plano teria um custo de cerca de 11,3 mil milhões de euros. 

Nações Unidas estudam tecnologia de reflexão do sol

Esta tecnologia foi agora abordada num dos mais recentes relatórios do Programa Ambiental das Nações Unidos e a conclusão foi de que, por enquanto, este método não é realista, prudente ou seguro.

Degelo - AWAY
Tecnologia podia ajudar a recongelar polos (foto: Roxanne Desgagnes/Unsplash)

De acordo com o referido pelas Nações Unidas, não se sabe o impacto ou as consequências de se usar a tecnologia e por isso não se pode olhar para ela como uma alternativa a controlar-se as emissões de gases com efeito de estufa.

Ainda assim, esta não é totalmente descartada, especialmente se as medidas que estamos a utilizar não forem suficientes para controlar as alterações climáticas.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Mais uma marca chinesa em Portugal. XPeng chega já este ano
Robotáxi elétrico da Hyundai passou no exame de condução… mesmo sem condutor
Meteorologia: prepara-te que vêm aí temperaturas de verão