Smartcity

Novo sistema de bicicletas partilhadas no Médio Tejo abrange 11 municípios

Projeto que implica um investimento de 1,8 milhões de euros prevê a colocação em circulação de quase 300 bicicletas
Texto
Projeto de bicicletas partilhadas
Projeto de bicicletas partilhadas

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Médio Tejo vai investir 1,8 milhões de euros num sistema intermunicipal de bicicletas partilhadas em 11 municípios do Médio Tejo. Está previsto que o serviço tenha início durante o próximo ano de 2023.

Mais de 250 bicicletas elétricas e 45 bicicletas convencionas vão ficar disponíveis nas 67 estações de parqueamento e carregamento definidas no estudo da rede intermunicipal de percursos clicáveis, realizado entre a CIM do Médio Tejo e as várias autarquias.

A CIM do Médio Tejo reúne 13 municípios, sendo que deste projeto fazem parte apenas 11: Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha. De foram ficam os municípios de Abrantes e Sardoal.

Tomar - AWAY
Tomar é um dos municípios abrangidos

Criado no âmbito do Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes do Médio Tejo, o novo sistema tem como objetivo desenvolver e incentivar a mobilidade clicável, bem como contribuir para a descarbonização da região.

A empreitada adjudicada à empresa CME - Construção e Manutenção Electromecânica, S.A. prevê a instalação de 67 estações, 466 docas e 14 quiosques e conta com uma comparticipação de 85% do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

(Fotos: M. Garcia e C. Pratt/ Unsplash)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo