Energia

EDP Renováveis atinge 1 GWp em projetos solares na Ásia-Pacífico

Desde que estabeleceu uma plataforma na Ásia Pacífico, a EDPR já duplicou a sua capacidade instalada
Texto
Painéis solares em edifícios residenciais em Singapura (foto: EDPR)
Painéis solares em edifícios residenciais em Singapura (foto: EDPR)

A EDP Renováveis (EDPR) alcançou a marca de 1 Gigawatt-pico (1 GWp) no total dos projetos de energia solar instalados na região Ásia-Pacífico. Este valor corresponde a mais do dobro (480 MWp) da capacidade solar instalada na zona desde que adquiriu a Sunseap em fevereiro de 2022.

A empresa está presente em nove mercados da Ásia-Pacífico, com uma capacidade instalada de 510MW (50%) no Vietname, 335MW (33%) em Singapura, 100MW (10%) na China e 75MW (7%) nos restantes mercados emergentes, incluindo Japão, Taiwan e Malásia, demonstrando assim um firme compromisso com o impulsionar da transição energética nesta ampla região, onde a EDPR tem ambição de ser líder durante a próxima década.

Presença da EDPR na zona Ásia-Pacífico (infografia: EDPR)

Do valor agora atingido de 1 GWp, um pouco menos de metade (47%) dizem respeito a parques solares em grande escala e 53% a projetos de energia solar descentralizada, instalados em edifícios de empresas ou em prédios residenciais (foto de abertura).

A energia solar descentralizada é um dos segmentos de crescimento mais rápido na Ásia-Pacífico, prevendo-se que a capacidade instalada triplique até 2026, num crescimento sustentado pelo aumento dos objetivos de descarbonização na região.

"Temos um objetivo de chegar a 2,4 GW de capacidade instalada renovável nesta região até 2026", afirma Miguel Stilwell d'Andrade, CEO da EDP, em comunicado.

De acordo com informações avançadas em comunicado de imprensa, a EDP atualizou o seu plano estratégico no início deste ano, reforçando o compromisso de liderar a transição energética com o investimento de 25 mil milhões de euros até 2026, para o desenvolvimento de mais 17 GW em projetos renováveis. 7% deste investimento será feito na Ásia-Pacífico, onde a empresa pretende desenvolver mais 0,3 GW por ano. A estratégia de expansão inclui projetos de larga escala e de geração solar distribuída.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Cemitérios a produzir energia solar? Projeto está a nascer em Espanha
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma
Segurança rodoviária: 9 peças de roupa a evitar quando se está ao volante