Energia

Dona da Ikea aposta em renováveis com investimento em energia eólica offshore

Grupo procura oportunidades de investimento na Coreia do Sul e no Japão
Texto
Parque de energia eólica offshore (foto: Grupo Ingka)
Parque de energia eólica offshore (foto: Grupo Ingka)

Ingka, empresa detentora das lojas Ikea, tem apostado nas energias limpas e procura agora fazer os seus primeiros investimentos em renováveis na Coreia do Sul e no Japão. A opção mais promissora para a empresa são os projetos de energia eólica offshore.

Nos últimos anos, a Ingka tem adquirido vários grandes projetos de energia renovável na Europa como parte da sua estratégia para descarbonizar tanto o seu negócio como a sua cadeia de abastecimento, explica à Reuters Peter van der Poel, diretor-geral.

Ikea - AWAY
Ingka quer descarbonizar o seu negócio (foto:  Alexander Isreb/Pexels)

A empresa não tem, neste momento, qualquer investimento em energias renováveis na Coreia do Sul e no Japão, e devido aos preços elevados dos terrenos, parece que a opção mais viável de investimento é na energia eólica offshore.

A Ingka tem o objetivo de investir 7,5 mil milhões de euros em energias renováveis até 2030, com cerca de 4 mil milhões já alocados. Até à data, a empresa tem 2,5 GW de capacidade.

À Reuters, Peter van der Poel refere que a empresa tem consciência das dificuldades associadas ao setor de energia eólica offshore, mas ainda assim tem uma visão a longo prazo.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais para o Algarve? Vê se a tua praia perdeu o selo de 'Qualidade de Ouro'
Radares da PSP: é aqui que vão estar na semana de 20 a 26 de maio
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável