Mobilidade

Recorde: BYD já vendeu mais de 2,37 milhões de EV em 2023

A chinesa BYD já superou os 5,7 milhões de carros vendidos este ano
Texto
Gama BYD (foto: divulgação)
Gama BYD (foto: divulgação)

A BYD alcançou um recorde de vendas de viaturas elétricas, incluindo EV e PHEV (veículos elétricos e veículos elétricos plug-in hybrid), pelo sexto mês consecutivo em outubro de 2023, resultado este que dá continuidade ao recorde do trimestre anterior. Até agora, em 2023, a BYD vendeu mais de 2,37 milhões de carros elétricos de passageiros.

Em comunicado a marca chinesa revela que, com o valor de vendas acumuladas superior a 5,7 milhões de unidades, consolida o primeiro lugar no ranking de vendas de NEV (New Energy Vehicles) à escala mundial.

Durante o mês de outubro, a BYD vendeu 301.833 unidades de veículos de passageiros movidos a novas energias e ultrapassou, pela primeira vez, a marca das 300 mil unidades, depois de ter alcançado um recorde de vendas ao longo de seis meses consecutivos.

Este desempenho e o aumento da presença no mercado foram fundamentais para a BYD se tornar a marca número 1 a nível mundial em vendas de NEV, uma das cinco principais marcas de automóveis vendidos em 59 países, incluindo China, UE (União Europeia), Reino Unido, Japão e Coreia.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Parte do plástico em Portugal é reciclado com recurso a energia solar
Vais comprar pão? 6 dicas para aproveitares até à última migalha
Quanto tempo demora o Citroën ë-C4 X a percorrer 1000 quilómetros?