Mobilidade

Trabalhadores da Rodoviária de Lisboa em greve dia 1 de fevereiro

Para além da paralisação no primeiro dia de fevereiro, vai haver também greve às horas extraordinárias durante todo o mês
Texto
Rodoviária de Lisboa
Rodoviária de Lisboa

Fevereiro vai ser um mês marcado pela greve dos trabalhadores da Rodoviária de Lisboa (RL) que reivindicam melhorias salariais. Dia 1 de fevereiro, terça-feira, vai haver uma paralisação e durante todo o mês vai ser feita greve ao trabalho extraordinário.

O ordenado médio de um trabalhador da RL é de cerca de 700 euros brutos, valor inferior ao ordenado mínimo atual de 705 euros. Para compensar, está a ser reivindicado um aumento salarial para os 750 euros já este mês.

Os ordenados baixos têm levado vários motoristas da RL a saírem para empresas do setor com melhores condições salariais e tem havido uma grande dificuldade em recrutar.

A paralisação é convocada pelo Sindicato Independente de Trabalhadores da Rodoviária de Lisboa (SITRL) e é a quinta nos últimos quatro meses. A última greve foi no início de dezembro.

A RL serve cerca de 400 mil habitante, nos concelhos de Lisboa Loures, Odivelas e Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Ex-refinaria de petróleo transforma-se em parque sustentável
Radares da PSP. Vê aqui todas as localizações para o mês de junho
Autocarro a hidrogénio na Califórnia promete 644 km de autonomia