Mobilidade

Trabalhadores da Rodoviária de Lisboa em greve quinta e sexta-feira

Paralisação de 48 horas serve para reivindicar aumentos salariais dos motoristas
Rodoviária de Lisboa
Rodoviária de Lisboa
PUB

Dia 2 e 3 de dezembro, os trabalhadores da Rodoviário de Lisboa vão parar por 48 horas. Em causa está a reivindicação de melhorias salariais.

O ordenado médio de um trabalhador da RL é de cerca de 700 euros brutos, apenas 35 euros acima do ordenado mínimo nacional. 

PUB

Cerca de 600 motoristas pedem que haja um aumento ainda este ano para os 730 euros e, em janeiro de 2022, para os 750 euros. 

PUB

A paralisação, que é convocada pelo Sindicato Independente dos Trabalhadores da Rodoviária de Lisboa (SITRL) e pela Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), é a quarta em cerca de dois meses. A última greve aconteceu a 2 de novembro e durou 24 horas.

A Rodoviária de Lisboa opera nos concelhos de Lisboa, Odivelas e Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa.

Continuar a ler
Home
Tão giro! O Microlino tem 230 km de autonomia e é perfeito para as cidades
Empresa chinesa quer arrancar com táxi aéreo na Europa em 2025
Este é o carregador elétrico mais rápido do mundo