Mobilidade

Siemens Portugal fornece 175 carregadores a autoestradas em França

Siemens fornece 175 carregadores elétricos made in Portugal para estações de serviço em França
Texto
Carregadores elétricos Siemens na Engie, França (foto: distribuição)
Carregadores elétricos Siemens na Engie, França (foto: distribuição)

A Siemens acaba de anunciar o fornecimento de 251 novos carregadores de veículos elétricos para equipar 64 estações de serviço da Engie Vianeo, em França, dos quais 175 foram produzidos na unidade da empresa em Corroios, Portugal.

A rede da Engie Vianeo conta assim com 251 carregadores Siemens de alta potência SICHARGE D de 300 kW e 69 SICHARGE D de 160 kW, que podem ser atualizados para 300 kW, permitindo carregamentos de até 80% em 20 minutos.

siemens - away
Carregadores Siemens na Engie, rede Sanef em Morainvilliers, França (foto: distribuição)

De acordo com informação enviada à imprensa, cada estação de carregamento distribui, de forma dinâmica, a carga entre dois veículos em simultâneo e dispõe de um visor de 24 polegadas para otimizar a experiência do utilizador.

A eficiência constante dos carregadores, superior a 95,5%, otimiza os custos com energia, assegurando uma transmissão ótima de energia aos veículos.

siemens - away
Carregadores Siemens na Engie, rede Sanef em Morainvilliers, França (foto: distribuição)

A Engie Vianeo, através das suas subsidiárias Engie Solutions e SSEC (uma joint- venture com a Certas Energy France), junta-se assim à Siemens Smart Infrastructure para instalar estações de carregamento para veículos elétricos de última geração, em 64 áreas de serviço de autoestradas em França.

As novas estações de carregamento para veículos elétricos encontram-se nas redes Sanef (Société des Autoroutes du Nord et de l'Est France), APRR (Autoroutes Paris- Rhin-Rhône), AREA (Société des Autoroutes Rhône-Alpes) e Vinci Autoroutes.

siemens - away
Carregadores elétricos Siemens produzidos em Portugal (foto: distribuição)

Ecossistema de mobilidade elétrica da Siemens em Portugal

A Siemens criou em Portugal um ecossistema para a mobilidade elétrica que junta capacidade produtiva, assegurada pela Fábrica de Corroios, investigação e desenvolvimento e um centro de competências de vendas, engenharia, gestão de projeto e serviço.

Cerca de 95% dos carregadores elétricos produzidos até agora em Portugal foram para exportação, tendo como destino países como a Alemanha, França, Itália, Suécia, Espanha, Holanda, Hungria, Roménia, Suíça, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Vietname, Israel, Índia, Brasil, Chile e Colômbia.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Jogos Olímpicos de Paris vão contar com 500 Toyota Mirai
Hidrogénio e biocombustíveis avançam em projeto da Galp para Sines
Dicas AWAY: Como arrumar louça na máquina de lavar