Mobilidade

Índia investe 3 mil milhões de euros em 1200 comboios elétricos Siemens

Indian Railways e Siemens Mobility em parceria para um dos maiores projetos de modernização ferroviários do mundo
Texto
Comboio com locomotiva elétrica Siemens Mobility (foto: divulgação)
Comboio com locomotiva elétrica Siemens Mobility (foto: divulgação)

A Siemens Mobility acaba de anunciar que irá fornecer 1200 novas locomotivas elétricas e assegurar a manutenção dos comboios elétricos durante 35 anos à Indian Railways.

A companhia ferroviária indiana, que opera mais de 22 mil comboios em todo o território, pretende levar a cabo um dos maiores projetos de reforço e modernização da sua frota num investimento anunciado aproximadamente de 3 mil milhões de euros e selecionou a empresa alemã para esta grandiosa empreitada.

comboio - Away
Na imagem um comboio elétrico Siemens Mobility Mireo B (foto: divulgação)

As novas locomotivas elétricas da Siemens Mobility são a última palavra em alta tecnologia, possuem 9000 cavalos de potência e estão preparadas para puxar comboios até 4.500 toneladas de peso a uma velocidade máxima de 120 km/h.

O avançado sistema propulsor elétrico destas novas unidades irá permitir à Indian Railways uma poupança total estimada de cerca de 800 milhões de toneladas de gases nocivos à atmosfera (como o dióxido de carbono).

comboio - away
A Siemens Mobility também já tem unidades a hidrogénio, mas na Alemanha (foto: divulgação)

Para além disso as autoridades locais estimam que durante o período de vida destes novos comboios o país poderá eliminar entre 500 a 800 mil viagens de camiões pesados de mercadorias (normalmente movidos a gasóleo), com as empresas a terem aqui uma oportunidade em termos de redução de pegada ambiental.

A Índia é um dos países do mundo com maior taxa de eletrificação da rede ferroviária e a aposta do governo de Nova Deli passa por alocar cerca de 45% de todo o transporte de mercadorias à ferrovia, acelerando assim a descarbonização da mobilidade comercial.

A entregas das novas locomotivas e correspondente integração dos comboios nas linhas indianas irá ocorrer de forma progressiva, estando a Siemens Mobility envolvida neste momento em projetos de comboios elétricos e até a hidrogénio em vários países do mundo.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Barco à vela produzido com algas e plástico reciclado inspira o futuro
Comer carne ou ser vegan? Qual a dieta com menos emissões de carbono?
Limitar o aquecimento global a 1,5ºC parece tarefa impossível diz novo estudo