Mobilidade

Oficial: UE proíbe mesmo novos carros a gasóleo ou gasolina após 2035

Lei formalmente aprovada pelo Parlamento Europeu engloba que até 2030 as emissões tenham de ser cortadas em 55%
Texto
Trânsito (foto: Michael Probst/AP)
Trânsito (foto: Michael Probst/AP)

Agora é de vez. O Parlamento Europeu acaba de aprovar formalmente a lei que proíbe a venda de novos automóveis alimentados a gasolina e a gasóleo a partir de 2035, uma medida que visa conter a emissão de gases com efeito de espaço no território da União Europeia (UE).

Em concreto, a nova lei obriga os construtores automóveis a cortar em 100% as emissões de CO2 de novos veículos ligeiros vendidos após 2035. O mesmo é dizer que apenas poderão ser comercializados automóveis 100% elétricos em todos os 27 países da UE a partir daquela data.

A legislação aprovada no Parlamento Europeu engloba ainda uma outra medida que visa reduzir as emissões de forma acentuada mesmo antes de 2035. A partir de 2030 todos os novos automóveis transacionados no espaço da UE devem emitir menos 55% de CO2 (50% no caso dos comerciais ligeiros) face aos valores de 2021.

Com a ratificação da lei que limita fortemente a emissão de gases poluentes por parte dos veículos em circulação no espaço europeu, a UE procura acelerar a transição para a mobilidade elétrica, num passo que considera fundamental para mitigar as alterações climáticas.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais poder andar de táxi aéreo em breve. Primeiro eVTOL já foi entregue a cliente
Podes ser multado por levares o teu cão sem cinto de segurança no carro? Conhece as regras
Mais uma marca chinesa em Portugal. XPeng chega já este ano