Mobilidade

Novos metros ligeiros na Noruega e Espanha com tecnologia portuguesa

Depois do sucesso da linha de Odense na Dinamarca há dois novos projetos em Bergen e Cádiz
Texto

A Efacec apresentou os dois mais recentes projetos internacionais de participação nas infraestruturas de comboios metros ligeiros na Noruega e em Espanha, no seguimento do projeto lançado já este ano na Dinamarca.

Os projetos em Cádiz (sul de Espanha) e Bergen (segunda maior cidade da Noruega) surgem após a boa experiência no metro de Odense (Dinamarca) e reforçam a demonstração de capacidade tecnológica da empresa portuguesa.

A linha de comboio Metro Ligeiro de Bergen tem vindo a permitir, desde 2011, a redução do congestionamento rodoviário e aumentar a eficiência do sistema de transporte alternativo às viagens de automóvel. Serve uma população estimada de 260 mil pessoas.

Metro ligeiro de Bergen - AWAY
Metro Ligeiro de Bergen, Noruega (foto: Efacec)

Esta linha cobre mais de 10 km (5 km de via subterrânea) e o projeto da Efacec, num valor superior a 12 milhões de euros, contemplou o design e fornecimento de todos os sistemas de telemática e telecomunicações, incluindo comunicações de voz e dados, sistema de rádio, informação ao público, videovigilância e deteção de intrusão, gestão técnica, localização de veículos, gestão de tráfego de operações, bem como expansão do Centro de Controlo existente, baseado no produto EfaRail, integralmente concebido pela empresa portuguesa.

Ao longo de mais de duas décadas temos desenvolvido vários projetos nesta área, demonstrando a mais-valia das nossas soluções técnicas – refere Pedro Pinto, diretor da Unidade de Transportes da Efacec, em comunicado de imprensa

Já no projeto do sul de Espanha, o Metro Ligeiro de Cádiz, a Efacec finalizou um projeto que inclui uma extensão de 14 km, em percurso urbano e suburbano, que promete melhorar os hábitos de mobilidade e a qualidade de vida da população da Andaluzia.

Metro ligeiro de Cádiz - AWAY
Metro Ligeiro de Cádiz, Espanha (foto: Efacec)

Aqui a Efacec geriu vários contratos da componente eletromecânica do sistema num valor acumulado de cerca de 20 milhões de euros. Ao contrato inicial da componente de energia de tração, que incluía a catenária, as subestações de tração, instalações de média e baixa tensão, iluminação e telecomando, juntaram-se posteriormente o fornecimento de um grupo de tração de 3KVcc, bem como de um inovador sistema de regeneração de energia nas subestações que permitirá melhorar a eficiência energética da rede.

Metro ligeiro de Odense - AWAY
Metro Ligeiro de Odense, Dinamarca (foto: Efacec)

Adicionalmente à conclusão destes projetos, a Efacec está a participar, atualmente, na construção da Linha Sydavnen do Metro de Copenhaga (Dinamarca) e da extensão da Linha Amarela e nova Linha Circular do Metro do Porto (Portugal).

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vai nascer uma mega central solar fotovoltaica no Alto Alentejo
Preço dos combustíveis desce na próxima semana 12 a 18 de dezembro
Tecnologia Nissan e-Power nos novos Qashqai e X-Trail