Mobilidade

Aeronave híbrida VTOL surge como solução para entregas em áreas rurais

Chaparral é uma aeronave híbrida e autónoma de carga, com autonomia para 482 km e capacidade de aterragem em terrenos acidentados
Texto
Chaparral da Elroy Air
Chaparral da Elroy Air

As aeronaves elétricas de descolagem e aterragem na vertical – a que chamamos eVTOL – podem trazer grandes vantagens para o transporte de passageiros, ajudando a libertar as estradas e permitindo deslocações mais rápidas e mais ecológicas. No entanto, estas aeronaves podem também trazer grandes mais valias para o transporte de cargas. É neste segmento que aposta a Elroy Air, uma start up sediada na Califórnia, embora neste primeiro projeto seja apresentado um VTOL (híbrido e não 100% elétrico).

O Chaparral é um VTOL híbrido e autónomo pensado exclusivamente para o transporte de cargas e sem espaço para tripulação. Com autonomia para 482 km, consegue carregar entre 136 e 226 kg graças a uma cápsula suspensa que é libertada e recolhida pela aeronave de forma completamente autónoma, graças a frequências de rádio que ajudam a aeronave a detetar a localização exata da cápsula.

Conhece o veículo VTOL da Elroy Air (vídeo em inglês):

Este veículo voador, por ser autónomo, dispensa a mão humana em praticamente todas as etapas. Ele pode chegar a uma determinada localização, deixar uma cápsula, apanhar outra e descolar em poucos minutos. A única intervenção humana indispensável é para carregar e descarregar as capsulas. Ainda assim, de forma a cumprir todas as regras de aviação, é possível controlar remotamente o Chaparral.

A Elroy Air é uma das poucas empresas a desenvolver uma aeronave autónoma para cargas de maior dimensão e tem capacidade para aterrar e descolar a partir de terrenos mais acidentados. Por isso, chamou a atenção de várias organizações e companhias militares, humanitárias e de entregas e até recebeu fundos da Força Aérea americana.

A Elroy Air anunciou em janeiro de 2022 que tem acordo de venda com várias empresas e organizações para 500 aeronaves no valor de perto de 900 milhões de euros. Entre as várias companhias interessadas no Chaparral, encontra-se a AYR Logistics, que trabalha na área humanitária e dá apoio à Organização das Nações Unidas e à World Food Programme, e a Mesa Airlines que acredita que o Chaparral poderá ser a solução para fazer entregas express e de material médico em áreas remotas e rurais.

O primeiro protótipo foi apresentado em 2019. Agora, no início de 2022, a Elroy Air deu a conhecer o design do novo protótipo Chaparral C1, assim como da nova cápsula de carga. Este deverá ser testado com a Força Aérea americana em 2023.

(Fotos: Elroy Air)

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Preço dos combustíveis na próxima semana de 15 a 21 de abril
Robotáxi elétrico da Hyundai passou no exame de condução… mesmo sem condutor
Mais um recorde: março de 2024 é o mais quente desde que há registo