Mobilidade

Os primeiros SUV e pick-up elétricos da Rivian chegam finalmente ao mercado

A Rivian lançou uma carrinha pick-up e um SUV elétricos a pensar em quem gosta de andar fora de estrada. Os veículos têm mais de 500 quilómetros de autonomia. Para já só nos Estados Unidos
PUB

Hoje em dia, a oferta de carros elétricos é muito extensa. Há modelos para praticamente todos os gostos, com variados preços, autonomias e potências. Ainda assim, havia uma ou duas grandes lacunas no mercado dos veículos elétricos: não havia uma pick-up nem um SUV que se adaptasse a terreno fora de estrada. A americana Rivian veio preencher esse espaço no mercado com os seus dois modelos elétricos: o R1T e o R1S.

Os modelos foram apresentados em 2018 e desde então muito se tem antecipado o seu lançamento. Este mês, a Rivian vai começar a entregar, nos Estados Unidos, os primeiros modelos da R1T, a carrinha pick-up. Para a Europa só está prevista a entrada em comercialização em 2022.

PUB

 

A R1T foi pensada para os aventureiros do mundo, que gostam de uma condução segura e suave, tanto em estrada como fora de estrada. Para garantir a melhor performance, a carrinha foi testada ao extremo, tendo feito uma viagem entre a América do Sul e Los Angeles com mais de 20 mil quilómetros e, o ano passado, competiu num rali fora de estrada, nos Estados Unidos.

PUB
PUB

O R1S é um SUV que pode ter sete ou cinco lugares e também foi idealizado para condução em estrada e fora de estrada.

Há várias coisas que tornam estes dois veículos o sonho de qualquer aventureiro. Fora de estrada, chega dos zero aos 96 quilómetros por hora em poucos segundos e tem uma tecnologia que garante que não derrapa na aceleração – ainda que tenha uma função que simule o efeito para quem assim o desejar. É também possível andar em águas com profundidade até 90 cm.

A carrinha pick-up R1T está à venda com duas opções de autonomia, de 505 quilómetros ou de mais de 640 quilómetros. A SUV R1S tem autonomia até 505 quilómetros. É possível escolher uma das três capacidades de bateria: 105 kWh, 135 kWh e 180 kW. A bateria de 180 kWh apenas está disponível para veículos com cinco lugares. A potência dos motores varia entre os 408 cv e os 764 cv.

Os dois modelos já estão em pré-venda. O R1T está disponível a partir de 58 mil euros (67 500 dólares) e o R1S a partir de 60 mil euros (70 mil dólares).A Rivian não é uma empresa nova ainda que esteja agora a comercializar os primeiros produtos. Foi criada em 2009 com o nome Mainstream Motors e dois anos depois tornou-se a Rivian. Todos os protótipos que criou, foram sempre testados em segredo até que apresentou o R1S e o R1T em 2018, no LA Auto Show.

PUB

A Amazon tem dado apoio à Rivian e fez uma encomenda de 100 mil carrinhas de entrega para usar nos Estados Unidos. Os primeiros exemplares deverão ser entregues já em dezembro deste ano. Em julho, RJ Scaringe, o CEO da Rivian, publicou uma fotografia das carrinhas no seu Twitter pessoal.

Para além da Amazon, a marca tem também o apoio da Ford e de vários fundos de investimento, como o T. Rowe Price. Segundo a CNN, desde 2019, a Rivian angariou mais de 9 mil milhões de euros de investidores. Este valor permitiu à empresa aumentar a fábrica de Illinois, contratar mais pessoas e começar a produção dos veículos.

Continuar a ler
Home
Fantástico
Vídeo: Back to the future com Porsche Taycan e DeLorean
Mobilidade
Vídeo: Famel regressa com mota elétrica
Sustentabilidade
Google Maps irá indicar rotas amigas do ambiente para evitar emissões de CO2