Energia

E se os aviões começarem a voar com combustível à base de lixo?

Associação portuguesa está a estudar possibilidade de transformar a queima de lixo em combustível para a aviação
Texto
Lixo nos contentores na rua (foto: Unsplash)
Lixo nos contentores na rua (foto: Unsplash)

Todos os dias, a Lipor – Associação de Municípios para a Gestão Sustentável de Resíduos do Grande Porto – acaba a queimar cerca de 1100 toneladas de lixo que não pode ser reciclado. E se esta queima pudesse ajudar a produzir combustível sustentável para a aviação?

Num novo projeto que junta a Lipor e mais duas entidades está a estudar-se a possibilidade de utilizar o dióxido de carbono libertado na queima controlada de resíduos para, juntamente com hidrogénio, ser transformado em combustível sintético.

O investimento rondará os 500 milhões de euros e poderá ajudar a reduzir para zero o impacto das instalações na central de valorização energética, onde o lixo é incinerado.

Conhece o projeto na reportagem do TVI Jornal.

Este e outros conteúdos estão disponíveis no TVI Player.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Comboios que levitam na linha? Empresa italiana está a testar tecnologia
Radares da PSP. É aqui que vão estar na semana de 24 a 30 de junho
Visita à fábrica da Nissan: sustentabilidade em destaque na produção do Qashqai