Sustentabilidade

Reciclagem e biomassa de algas em calçado sustentável da Merrell

A Merrel apresenta modelos com maior compromisso com o meio ambiente
Texto

Bom tempo apela a passeios e se calhar já pensaste em utilizar calçado mais sustentável. A Merrell apresentou recentemente a sua nova coleção para o verão e há vários apelos à proteção do meio ambiente, com material reciclado ou inteiramente vegan.

Os novos Merrell Moab Speed são extremamente versáteis e possuem proteção reforçada pensada inclusive para trilhos de montanha. Nesta nova gama os atacadores, forro de malha e cobertura da palmilha são 100% reciclados, com uma sola feita com 30% de borracha reciclada, num produto que a marca designa por Vibram Ecostep Recycle.

merrell - away
A Merrel aposta em maior sustentabilidade na atual coleção (foto: divulgação)

Já os Merrell Moab Flight, com novas cores e mais arrojados, acentuam ainda mais o caráter de sustentabilidade pois apresentam gáspeas em malha 70% reciclada, atacadores 100% reciclados, sola com borracha 30% reciclada e a palmilha é 50% reciclada.

Os modelos casuais também não foram esquecidos, com os Merrell Speed Solo a terem igualmente atacadores, revestimento da palmilha, forro de mala e sola reciclados. Neste modelo há ainda uma espuma especial (Bloom) produzida com 10% de biomassa de algas, que transforma a água saturada de algas em água limpa, durante o processo, de acordo com informação da marca.

Merrell - away
Os Hydro Moc são inteiramente vegan (foto: divulgação)

É também com recurso à espuma mais sustentável Bloom que os modelos Hydro Moc, que a marca designa como inteiramente vegan e especialmente concebidos para meio aquático, asseguram maior sustentabilidade.

Podes ver as coleções e preços na galeria acima.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabes quais são os equipamentos elétricos com maior impacto ambiental?
Cemitérios a produzir energia solar? Projeto está a nascer em Espanha
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma