Sustentabilidade

H&M quer que a tua roupa tenha uma segunda vida

H&M junta-se a empresa de reciclagem em nova joint venture de recolha e venda de tecidos e roupa que já não são usados
Texto
H&M em projeto de economia circular (foto: Luke Sharrett/Bloomberg via Getty Images)
H&M em projeto de economia circular (foto: Luke Sharrett/Bloomberg via Getty Images)

A indústria da moda é conhecida pela sua grande pegada ambiental, mas há marcas de fast fashion que estão a tentar contrariar esta tendência. A H&M, um dos maiores retalhistas de moda, juntou-se à Remondis, uma empresa alemã de reciclagem, para criar uma joint venture (JV) de economia circular.

Este novo projeto chama-se Looper Textile e vai ajudar a dar uma segunda vida a roupa e têxtil que já não são desejados. Desta forma, espera colmatar a falta de gestão de roupa usada na União Europeia, sendo que cerca de 60% acaba no lixo.

Looper Textile - AWAY
Peças na Looper Textile (foto: H&M)

Detida a 50/50, a JV vai recolher, separar e vender roupas e tecidos em segunda mão. O objetivo é estender o ciclo de vida de cerca de 40 milhões de peças em 2023, referiu a H&M.

De acordo com a marca de roupa, a Looper Textile vai ser um fornecedor de material para empresas que operem na revenda e reciclagem de têxtil.

Para simplificar o processo de gestão e automatizá-lo, a JV vai testar diferentes formas de recolha e implementar várias tecnologias, como a triagem por infravermelhos.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais para o Algarve? Vê se a tua praia perdeu o selo de 'Qualidade de Ouro'
Radares da PSP: é aqui que vão estar na semana de 20 a 26 de maio
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável