Fantástico

Disco voador ou eVTOL? Descobre esta nova proposta de mobilidade

Zeva Zero é uma nova proposta de eVTOL que já fez os primeiros voos experimentais nos Estados Unidos
Texto
Zeva Zero
Zeva Zero

Já falámos aqui por diversas vezes sobre um novo tipo de veículo que, embora ainda não esteja a ser comercializado, tem sido uma das grandes apostas de várias empresas. Surgem cada vez mais propostas destas aeronaves elétricas com capacidade para descolar e aterrar na vertical.

Uma das empresas completamente focada neste novo tipo de mobilidade é a Zeva. A empresa criada em Washington, nos Estados Unidos, em 2017, tem trabalhado no Zero, um eVTOL que apesar de levantar voo e pousar na vertical, foi pensado para voar na horizontal, já que assim tem melhor aerodinâmica.

Ainda não há muita informação sobre esta inovadora aeronave, mas o pouco que já vimos desperta a curiosidade.

Para começar, o design é, no mínimo, único e leva-nos para os filmes de ficção científica com discos voadores. Por ser conduzido na horizontal e ter o formato de um formato esférico e achatado, o piloto acaba por ficar deitado enquanto conduz.

Foi pensado para ser usado por todos, no dia a dia, para as mais variadas deslocações. De acordo com a Zeva, pelas suas características, o Zero pode ser também um excelente aliado para socorristas, por permitir chegar a qualquer lado rapidamente, evitando o trânsito das estradas.

Ao contrário de muitas das propostas que têm surgido, este veículo voador pensado apenas para uma pessoa não é autónomo. Terá um joystick que permitirá ao tripulante e único passageiro deslocar-se no ar.

Os motores elétricos irão permitir ao veículo atingir velocidades de mais de 250 km/h e percorrer uma distância de até 80 km.

Apesar de ainda não haver data para começar a produzir e a vender o eVTOL Zero, a Zeva fez os primeiros voos experimentais com o Zero no início do ano, parte do rigoroso programa de testes para conseguir o certificado de navegabilidade aérea da FAA.

Já esta primavera, a empresa americana espera conseguir abrir as pré-encomendas do Zeva Zero. Para tal, será necessário fazer um depósito de 5 mil dólares (cerca de 3,7 mil euros). A Zeva acredita que as primeiras unidades produzidas ficarão à venda por cerca de 229 mil euros.

(Fotos: Zeva

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Plano da União Europeia vai ajudar a salvar as abelhas
Base logística do Intermarché já tem painéis solares fotovoltaicos
Antártida tem um novo iceberg 15 vezes maior do que Lisboa