Fantástico

Automóvel voador elétrico surpreende no CES em Las Vegas. Chega em 2026

O veículo elétrico eVTOL ASKA foi desenhado para voar e circular na estrada, como um automóvel normal. Está em desenvolvimento e testes de voo
PUB

Quando falamos do futuro da mobilidade, damos sempre a conhecer os automóveis do futuro, elétricos ou com outro tipo de combustível sustentável, mas também os eVTOL, as pequenas aeronaves muitas vezes pensadas para uma pessoa ou duas, que descolam e aterram na vertical. Agora surgiu uma alternativa que junta os dois tipos de veículo numa só, um carro elétrico para a estrada que facilmente se torna num eVTOL para os céus. Chama-se ASKA.

A inspiração para o ASKA surgiu quando os criadores, Guy e Maki Kaplinsky, viviam no Japão, uma cidade conhecida por ter uma grande densidade populacional, pelos transportes apinhados e pela habitação inflacionada. Quando Guy e Maki se mudaram para São Francisco, na Califórnia, repararam que os problemas eram semelhantes. Idealizaram então um veículo que permitiria às pessoas viverem até 160 quilómetros das cidades e deslocarem-se para lá em 30 minutos ou menos.

PUB

Esta solução, então, permite voar e conduzir para uma determinada localização. Tem os propulsores no topo que encolhem de maneira a que, quando está em estrada, o ASKA tenha o tamanho normal de um outro automóvel.

PUB
PUB

Para conduzir o ASKA é necessário ter não só carta de condução de automóveis, mas também carta de piloto. Afinal, não deixa de ser uma aeronave.

Este automóvel voador elétrico esteve na CES 2022, em Las Vegas, nos Estados Unidos e permitiu aos visitantes conhecer o interior do cockpit e ter a experiência de condução graças a um simulador controlado com um joystick, para o voo, e com um volante, para a condução em estrada.

Este modelo concetual tinha ainda câmaras a toda a volta, incluindo na parte inferior do eVTOL para facilitar a aterragem e na parte superior para facilitar a descolagem.

Neste momento, o ASKA está em processo de desenvolvimento e testes de voo de acordo com as regras da FAA e da National Highway Traffic Safety Administration, nos Estados Unidos, de forma a que tenha todos os certificados necessários. As demonstrações de voo deverão ocorrer durante 2022.

Este veículo voador custa 696 mil euros e, neste momento, já é possível fazer a pré-reserva do mesmo, fazendo um depósito de 4,4 mil euros. Quem não quiser adquirir, mas quiser a experiencia de condução, poderá registar-se no serviço ASKA On The Fly que permite alugar o veículo. Para registar, é necessário fazer o mesmo depósito de 4,4 mil euros.

PUB

As primeiras unidades deverão começar a ser entregues em 2026.

Continuar a ler
Home
Tão giro! O Microlino tem 230 km de autonomia e é perfeito para as cidades
Empresa chinesa quer arrancar com táxi aéreo na Europa em 2025
Este é o carregador elétrico mais rápido do mundo