Energia

Europa bate recorde de eletricidade produzida com energia eólica e solar

Apesar dos fenómenos que afetaram o território em 2022, nunca antes se tinha produzido tanta eletricidade através de energias verdes
Texto
Energias renováveis (foto: Raphael Cruz/ Unsplash)
Energias renováveis (foto: Raphael Cruz/ Unsplash)

Pela primeira vez, os países da União Europeia (UE) produziram mais eletricidade por intermédio de energia eólica e solar do que através de gás fóssil. Em 2022 as energias renováveis estiveram na origem de 22% da eletricidade consumida pelos europeus, indica um novo relatório da organização Ember.

No ano passado, a Europa prosseguiu com o processo de transição para a energia verde, mesmo apesar da crise energética provocada pela Guerra na Ucrânia e o consequente corte de laços com a Rússia, nomeadamente no setor energético.

Além disso, o território europeu também enfrentou um longo período de seca, o que levou a que 2022 tenha sido considerado o segundo ano mais quente.

Energia eólica - AWAY
Energia eólica (foto: A. Palagutina/ Unsplash)

O calor extremo e a falta de chuva provocaram a seca de reservatórios de água no continente. Como resultado, a quota de eletricidade produzia através de energia hidroelétrica caiu para o valor mais baixo desde 2000. A energia a gás representou 20% da produção de eletricidade da UE em 2022, enquanto o carvão representou 16%, segundo dados da Ember.

Foi também registada uma diminuição significativa na eletricidade produzida a partir de energia nuclear. Esta situação ocorreu, em parte, devido à necessidade de proceder à manutenção de algumas centrais francesas, o que implicou interrupções na produção.

O clima foi igualmente um fator importante, pois alguns reatores nucleares tiveram de ser desligados para evitar o aquecimento dos rios usados no seu arrefecimento. A energia nuclear e hidroelétrica diminuiu 185 TWh por cada hora, equivalente a 7% da geração total da UE em 2022.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Preço dos combustíveis na próxima semana de 15 a 21 de julho
Vai nascer mais um troço de ciclovia em Lisboa
Radares de velocidade da PSP. Onde vão estar no mês de julho