Mobilidade

5 coisas que tens de saber antes de alugares um automóvel elétrico

Como utilizar, o que tens de te preocupar. Cinco dias rápidas para que possas tomar um passo ecológico também nas tuas férias

Vais de férias e decidiste que é desta que vais alugar e experimentar um carro elétrico! Muito bem, pode ser o início de uma jornada mais ecológica na tua vida e uma experiência que te permite perceber os prós e contras no teu caso em particular.

Já tens várias companhias que tem no parque veículos elétricos e a escolha, para além das condições de aluguer terá de ter outros fatores em linha de conta.

Alugar um carro elétrico obriga a planeamento antecipado, alguma pesquisa e até poderás ter de aprender algo mais sobre o carro.

Calma não desistas ainda, vamos deixar-te aqui 5 coisas que tens de saber antes de alugares um carro elétrico!

As 5 coisas que tens de saber antes de alugares um carro elétrico:

1. Decide de que forma o vais utilizar

Estás decidido? Bem, antes de mais convêm pensares de que forma vais utilizar o carro elétrico. Vais de férias por pouco ou muito tempo? Irás conduzir em cidade ou fora dela? E o local é remoto?

A forma como o vais utilizar determina a tua necessidade em termos de frequência de carregamento, locais de carregamento e, claro autonomia.

2. Autonomia: aqui a luz da reserva não existe!

Quando olhares para a oferta da rent-a-car vê bem qual a autonomia do carro e tenta perceber se é uma informação real. Se é verdade que tal como num carro de combustão irás ter mais energia se controlares a velocidade, também é verdade que quando perdes energia tens obrigatoriamente de carregar o carro.

Em cidade irás gastar menos do que em auto-estrada, e em montanhas poderás, por vezes, beneficiar de recuperação de energia em travagens.

3. Aprende como tudo funciona antes de te meteres ao caminho

A maioria dos carros elétricos tende a ficar parecido com os carros convencionais. Longe vão os tempos dos primeiros carros que pareciam naves espaciais.

Mas há muito para aprender e até tens alguns modelos que apenas tem um único e largo ecrã a controlar todas as operações.

Guarda um tempinho para aprenderes o básico e já agora fica a dica: há carros elétricos que até a operação de abrir ou fechar vidros é feita num ecrã digital.

4. Analisa como irás carregar o teu carro elétrico durante as férias

Primeiro informa-te bem de que tipo de carregamento o teu carro precisa. Tens várias formas diferentes de o fazer e é preciso saber qual o tipo de carregamento que podes fazer (tens carros que podem usar por exemplo supercarregadores e que, por isso, até carregam em 10 ou 15 minutos, mas tens outros que podes ter de contar com algumas horas).

Há locais que podem necessitar de adaptadores inclusive.

Não te apoquentes com os números que te vão dizer de carregamentos a 7, 22 kW ou 150 kW, tenta apenas saber no teu caso em concreto o que precisas.

5. Procura com antecedência os locais onde podes carregar o veículo elétrico

Sim, não há postos de carregamento elétrico em igual número ao que há de abastecimento de combustível fóssil. É certo que até poderás carregar o teu carro (eventualmente com um adaptador) em tomadas convencionais, mas aí poderás ter de o deixar a carregar um dia inteiro para o utilizares…

Depois de saberes o tipo de carregamento que podes fazer, procura e identifica em antemão, no teu local de destino ou no caminho até lá, vários locais onde possas proceder ao carregamento. Recorda-te que pode ser motivo de ansiedade veres a energia a consumir-se e não saberes onde vais repor. Planeia, há várias apps que te permitem descobrir os postos em praticamente todo o lado.

Continuar a ler
Home
E-bike analisa o nível de poluição no ar enquanto pedalas
Porsche bate Tesla e estabelece novo recorde elétrico em Nürburgring
E se fosses de balão ao espaço? Descobre aqui o preço de uma viagem de 6 horas