Energia

ASAE deteta bomba de gasóleo viciada que cobrava €1,65 antes de abastecer

Um posto de combustível em Vila Pouca de Aguiar foi detetado pela ASAE com bomba de gasolina viciada
Texto
Bomba de gasóleo
Bomba de gasóleo

Este tipo de notícias parece inacreditável quando o preço dos combustíveis está em valores recorde. Mas é mesmo verdade. Uma fiscalização da ASAE detetou uma bomba de gasóleo em Vila Pouca de Aguiar (Vila Real) que tinha o contador viciado, imputando ao consumidor um valor até 1,65 euros antes de se iniciar o abastecimento.

Em comunicado a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), refere que se trata da quarta ocorrência semelhante que detetou “nos últimos meses”.

O procedimento foi verificado quando se fazia o “reset” do contador e mesmo antes de ser pressionado o manípulo da agulheta da bomba, já o contador apresentava automaticamente um valor até 1,65 euros.

Ou seja, ainda apenas com ar ou nada no depósito e já o condutor estava a pagar até 1,65 euros!!!

Esta bomba de gasóleo já tinha sido sujeita a controlo metrológico este ano, “exibindo o selo de validade e de conformidade” e agora a ASAE procedeu “à sua selagem e apreensão, de forma cautelar, para a respetiva perícia técnica”.

De acordo com a Lusa, os factos foram comunicados ao Ministério Público por estarem em causa “fortes indícios do crime de especulação (delito antieconómico) e eventual crime de falsificação de notação técnica”.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Radares da PSP. É aqui que vão estar na semana de 17 a 23 de junho
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma
Segurança rodoviária: 9 peças de roupa a evitar quando se está ao volante