Atualidade

Situação de seca está a aumentar em Portugal continental

Março foi mais quente e seco do que o normal e situação de seca meteorológica aumentou, especialmente na região sul Clima Ambiente Sustentabilidade Chuva Seca extrema
Texto
Rio Zêzere com pouca água (foto: Sergio Azenha/AP)
Rio Zêzere com pouca água (foto: Sergio Azenha/AP)

A situação de seca em Portugal continental aumentou em março. Se no final de fevereiro, 28% do país estava em seca meteorológica, no final de março, a percentagem passou para 48,1%. A região sul foi a mais afetada. 

Os distritos de Setúbal e Beja, assim como alguns locais do sotavento algarvio estavam já em situação de seca severa, enquanto algumas zonas da região Nordeste do país apresentavam seca fraca no dia 31 de março, revela o último boletim climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Seca em Portugal - AWAY
Situação de seca piorou em março (foto: Simon Hurry/Unsplash)

No final de março, 23,7% do país estava em seca fraca, 14,2% em moderada e 10,2% em seca severa. Por outro lado, 24% de Portugal continental estava na classe normal, 15,5% em chuva fraca e 2,4% em chuva moderada.

O IPMA classifica em nove classes o índice meteorológico de seca, que varia entre “chuva extrema” e “seca extrema”.

Março foi considerado um mês quente e seco, com os valores médios da temperatura média, máxima e mínimo superiores ao normal para a altura do ano. Além disso, a quantidade de precipitação foi de 47,9 milímetros, o que corresponde a 78% do normal.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Vais para o Algarve? Vê se a tua praia perdeu o selo de 'Qualidade de Ouro'
Radares da PSP: é aqui que vão estar na semana de 20 a 26 de maio
5 dicas para usares tecnologia de forma ambientalmente responsável