Cidades

Los Angeles procura um desenvolvimento sustentável. Descobre como

Foi das primeiras cidades a comprometer-se com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e, ao longo de quatro anos, já conseguiu grandes avanços
Los Angeles procura desenvolvimento sustentável
Los Angeles procura desenvolvimento sustentável
PUB

Foi em 2015 que as Nações Unidas apresentaram pela primeira vez os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para 2030, uma lista de metas que iam desde a irradicação da pobreza até à igualdade de género, passando pela redução de desigualdades e ação climática.

Os ODS foram pensados por países e para países, por isso, quando algumas cidades do mundo se comprometeram a atingir os objetivos ambiciosos, tiveram dificuldade em perceber como poderiam adaptá-los localmente.

PUB

Foi isso que aconteceu com Los Angeles quando, em outubro de 2017, se comprometeu em atingir os ODS. A segunda maior cidade dos Estados Unidos foi das primeiras a dar o passo em frente e em demonstrar vontade de agir. Mas quando o governo local tentou perceber como poderia adaptar os 169 pontos divididos pelos 17 ODS, percebeu que ainda não havia uma fórmula para o fazer.

PUB

Logo nos primeiros tempos, percebeu-se que havia pontos dentro dos ODS que não estavam ao alcance local. Por exemplo, a nível de saúde, quem tem o controlo é o governo do condado e não da cidade. No caso das escolas, as decisões partem do distrito. Por outro lado, havia metas que podiam ser mais ambiciosas, como a de proteger a herança cultural.

PUB

O governo local foi então associando as metas e os pontos à cidade e àquilo que estava ao seu alcance e começou a agir.

Para poder recolher e analisar os indicadores dos ODS a nível local, Los Angeles desenvolveu uma plataforma de código aberto chamada LA Open SDG Data Platform que ficou online em julho de 2019. Para além de ter sido um grande passo a nível local e de agora englobar 159 indicadores, serviu de apoio a outras cidades que também queriam trabalhar em prol dos ODS.

A cidade também apresentou o SDG Activity Index que funciona como uma enciclopédia com todas as entidades locais públicas, privadas, filantrópicas e de caridade que estão a fazer esforços para melhorar os resultados relacionados com os ODG localmente.

O trabalho que tem sido desenvolvido ao longo dos quatro anos tem tido o apoio de vários parceiros e tem sido reconhecido um pouco por todo o mundo. Recentemente, a cidade ganhou a medalha de honra dos prémios Guangzhou que reconhece a inovação feita a nível social, económico e ambiental nas cidades pelo mundo.

PUB
Continuar a ler
Home
Cidades
Novas cidades no mundo fazem disparar investimentos
Mobilidade
Veículo elétrico: Stress ou anti-stress?
Evasão
Sugestão de viagem: os 10 castelos mais visitados