Sustentabilidade

Café mais sustentável com estas cápsulas compostáveis da Dolce Gusto

Nescafé Dolce Gusto apresenta novas cápsulas de café à base de papel e uma nova máquina
Texto

A Nescafé Dolce Gusto está a apostar na sustentabilidade e está a lançar agora um novo sistema mais amigo do ambiente. O Neo é composto por uma nova máquina mais ecológica e usa cápsulas compostáveis, à base de papel.

Depois de cinco anos de desenvolvimento, a Dolce Gusto apresenta o sistema Neo que além de garantir um café com a mesma qualidade de uma coffee shop, ainda tem uma pegada ecológica mais pequena.

As cápsulas criadas para o novo sistema garantem que a experiência de beber café tenha uma pegada ecológica pequena. A Nescafé Dolce Gusto tem estado focada em reduzir a utilização de plásticos virgens em um terço até 2025 e como tal apresentou uma nova cápsula feita à base de papel e compostável.

Fabricadas com 1g de papel e com um revestimento de biopolímero, estas cápsulas são certificadas para compostagem.

As embalagens, apesar de ainda usarem plástico, usam menos 65% comparativamente às atuais.

A máquina Neo também é mais ecológica, sendo feita de 50% de plástico reciclado. O sistema que aquece a água é composto por 75% de alumínio reciclado. Foi construída de forma que possa ser facilmente desmontada e reparada. Além disso, tem uma função de poupança de energia que faz com que desligue automaticamente para evitar consumo em standby.

A máquina Neo estará à venda a partir de 5 de março e terá um PVPR de 149,90 euros. As cápsulas vão ser lançadas em seis variedades e a embalagem de 12 estará disponível com um PVPR de 3,99 euros.

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Sabes quais são os equipamentos elétricos com maior impacto ambiental?
Cemitérios a produzir energia solar? Projeto está a nascer em Espanha
Hyundai apresenta primeiro camião a hidrogénio com condução autónoma