Cidades

O autocarro londrino de dois andares em versão elétrica

Os engenheiros da Equipmake e da Beulas apresentaram um autocarro de motor elétrico que poderá diminuir muito as emissões poluentes
Texto
Autocarro londrino elétrico
Autocarro londrino elétrico

O autocarro londrino de dois andares poderá conhecer em breve uma nova geração de locomoção elétrica, que conseguirá diminuir drasticamente as emissões poluentes nas zonas mais concorridas da cidade. A solução é apresentada pelos engenheiros da Equipmake, situada em Norfolk, especializados em sistemas de propulsão elétrica, e da Beulas, um construtor de autocarros com sede em Girona, Espanha.

O novo Jewel E, como foi batizado, tem o visual típico do autocarro vermelho de dois andares, mas pode incluir um sistema de propulsão elétrico com uma capacidade que pode alcançar os 543 kWh. Este tipo de solução tem ainda a vantagem de oferecer uma autonomia de funcionamento considerável e que pode superar os 400 quilómetros com uma utilização convencional, ou seja, mais do que suficiente para um dia completo de funcionamento.

O sistema tem o seu motor integrado no chassis e junto do veio de transmissão, dispensando a presença de uma caixa de velocidades. Conta com um binário máximo de 3500 Nm apenas às 1000 rpm, a potência deste motor pode chegar a valores em torno dos 540 cavalos, sendo que o objetivo principal é oferecer uma elevada dose de binário a velocidades mais reduzidas.

Os testes de estrada do novo Jewel E vão começar ainda antes do final do ano e os primeiros modelos poderão entrar em serviço num sistema experimental já no início do próximo ano, sendo que este novo modelo já cumpre todas as normas exigidas para 2024 pela TfL (Transport for London).

Continuar a ler
Descobre o teu mundo.
Recebe a nossa newsletter semanal.
Home
Governo recomenda baixar a velocidade máxima para os 100 km/h
Comboio de alta velocidade Porto-Lisboa poderá ser uma realidade dentro de uma década
Itália tem primeira residência para estudantes alimentada a hidrogénio